Tratamentos para Combater Crises de Epilepsia

Hoje vamos falar de um tema muito sério e que atinge a muitas pessoas na verdade falar de um problema de saúde está falando…

Hoje vamos falar de um tema muito sério e que atinge a muitas pessoas na verdade falar de um problema de saúde está falando da Epilepsia.
Antes de falar em tratamento é bom saibamos o que realmente a Epilepsia, pois assim poderá entender melhor como ocorre e como pode ser tratado também.

Epilepsia é uma alteração que ocorre no nível dos neurônios, ou seja, a comunicação entre os neurônios ocorre de maneira desordenada, o que pode causar alguns sintomas de epilepsia e sinais no portador deste problema, como convulsões, espasmos musculares e às vezes perda de memória em alguns casos. Só devemos ressaltar que não é porque a pessoa teve uma convulsão que ela tem epilepsia, porém a partir do momento que se tem mais de duas convulsões aí já pode considerar epiléptico. Porém não pode ser detectado somente por ataques de convulsão deve ser feito diagnóstico através de exames chamados de eletroencefalograma e também tomografia do crânio.

Este problema não tem uma causa definida, só se sabe que é um distúrbio da atividade cerebral, ou ainda pode ser desencadeado devido a uma alteração na eletricidade no cérebro, desequilíbrio nos neurotransmissores ou os dois fatores juntos. Logo a seguir vamos falar sobre os tratamentos para combater crises de epilepsia.

A epilepsia pode ser controlada através de medicamentos os quais atuam diretamente na atividade cerebral, fazendo com que as cargas anormais sejam atenuadas. E se por acaso os medicamento não conseguir combater estas crises epilépticas então se parte para indicação de cirurgia a qual retira a porção onde leva as descargas anormais no cérebro.

Segue algumas dicas para quem sofre deste problema:
•    As medicações devem ser tomadas todo dia e no horário correto, pois o resultado depende disso para que o paciente tenha uma qualidade de vida melhor.
•    Nunca interrompa o tratamento e nem troque por outra medicação sem consultar seu médico.
•    Nunca reduzir a dose da medicação afinal para controlar as crises tudo depende da dose.

Leia Também:  Dicas para prevenir a ressaca

•    E se tiver alguma crise de epilepsia ainda que por pouco tempo avise ao a seu médico, pois ele precisa fazer uma avaliação.
No entanto se você não tem este problema, deve também saber como agir diante de um quadro de epilepsia, então fique atento, a nossas dicas, com certeza você estará ajudando alguém.
1. Manter sempre a calma ao ver a pessoa com crise epilética.
2. Sempre proteger a cabeça para que não se machuque.
3. Se tiver com roupas apertadas que impeça de respirar deve tirá-las ou afrouxar.
4. Limpar o excesso de saliva que sai da boca.

D depois encaminhe para um hospital para fazer uma avaliação na pessoa. Caso você tenha alguém na família que sofre deste mal não perca a fé porque Deus e a medicina estão prontos para lhe indicar as possíveis curas e tratamentos para um problema de saúde que pode trazer tantos incômodos.

Top