Tratamentos de beleza a laser: riscos, quais são

Em busca da felicidade, mulheres e homens procuram, cada vez mais, pelos tratamentos de beleza a laser. Com mil e uma promessas, os aparelhos…

Em busca da felicidade, mulheres e homens procuram, cada vez mais, pelos tratamentos de beleza a laser. Com mil e uma promessas, os aparelhos e seus condutores acabam por se constituir numa solução definitiva dos problemas que rondam a estética humana. De fato, muitos tratamentos podem realmente ser eficazes. O problema está na competência de muitos que se dizem profissionais, mas que podem não ser tão confiáveis, quanto divulgam. Muitas vezes, o procedimento também parece mais atrativo em relação aos preços. No entanto, é preciso ter muito cuidado, ao escolher uma clínica ou o tipo de procedimento a ser feito.

Cresce, a cada dia, a busca por tratamentos de beleza a laser (Foto: Divulgação)

Riscos do tratamento a laser

Não é difícil imaginar qual seria o risco que se corre ao cair nas mãos de uma pessoa que realmente não saiba como proceder. O laser é algo que pode queimar a pele. Outros tratamentos semelhantes, como o plasma, a luz intensa pulsada ou a radiofrequência também podem causar danos, caso o seu operador não tenha um conhecimento profundo da técnica e da pele humana. Hoje, muitas pessoas simplesmente adquirem tais aparelhos e passam a oferecer tratamentos milagrosos aos pacientes. De fato, todos eles podem ter sua eficácia comprovada, desde que sejam manejados por alguém competente. O tratamento estético com laser não é como um simples creme que se aplica na pele. Quando associado a outros procedimentos (como o peeling, por exemplo), podem se tornar ainda mais arriscados.

A pele morena precisa de ainda mais atenção (Foto: Divulgação)

Para que não corram riscos com tratamentos a laser, é preciso que as pessoas se informem sobre os procedimentos e procurem por profissionais que sejam realmente competentes para executá-los. É necessário pesquisar e ter certeza sobre o conhecimento que estes profissionais têm em relação aos tratamentos e que sejam credenciados para isso. Caso contrário, corre-se o risco de sofrer queimaduras que, quando não causam aborrecimentos com a cura, ainda podem deixar marcas indeléveis.

Continuar Lendo  Truques das famosas para manter a cor do cabelo por mais tempo

Pele negra

É grande o risco de queimaduras, quando o trabalho não é feito por profissionais capacitados (Foto: Divulgação)

Também é preciso que as pessoas se informem sobre os riscos do laser para pele negra. Alguns procedimentos atingem diretamente a melanina da pele. A cútis negra possui grande quantidade desta proteína. Por isso, corre-se o risco de ganhar manchas e até mesmo queimaduras (que podem acontecer com mais facilidade, na pele escura). É imprescindível que o profissional saiba exatamente qual a intensidade do aparelho, ao cuidar da pele negra. Esta deverá ser mais baixa do que aquelas destinadas a outros tons de pele. Tudo depende da escolha consciente pela clínica de estética ou por um médico.

Saiba mais sobre a depilação: Depilação a laser: tire suas dúvidas

Você já viu a acupuntura a laser? Leia: Acupuntura a laser: saiba mais

Top