Tratamento para Rinite Alérgica

Na época do frio, ou quando a umidade do ar esta muito baixa, ou faz tempo que não chove, muitas pessoas apresentam dificuldades na…

Na época do frio, ou quando a umidade do ar esta muito baixa, ou faz tempo que não chove, muitas pessoas apresentam dificuldades na respiração e podem desencadear diversas doenças como bronquite, asma e rinite alérgica. Isto acontece pelo ar estar muito rarefeito e acabam irritando a mucosa pulmonar.

Todas essas doenças de trato respiratório se agravam mais nestas épocas, e as pessoas que tem que conviver com elas sabem que devem fazer algo para melhorar os sintomas e tornar pelo menos melhor para se conviver, pois nenhuma delas possuem cura, são de origem congênitas, por isso no caso da Rinite Alergica que possuem hoje milhares de pessoas que possuem, vamos citar algumas formas para se conviver melhor e evitar que desencadeie uma crise.

Os sintomas mais comuns na Rinite Alergica são: o entupimento nasal, a coriza, espirros secos acompanhados de tosses secas também, e a coceira no nariz e na garganta e as vezes podem se apresentar nos olhos.

È muito comum que o paciente apresente rinite alérgica a fatores muito específicos como poeira, alguns alimentos específicos e seus derivados, pêlos de animais como cães e gatos. O fator que mais agride é a poeira por se apresentar em todo lugar.

O tratamento para pessoas que são portadores da rinite alérgica partem de três pontos fundamentais que são: Higiene ambiental, tratamento medicamentoso e vacinas anti alérgicas.

O tratamento ambiental tem como fundamento, eliminar do ambiente onde o paciente vive, os possíveis causadores da doença, ou seja, caso o problema seja a poeira, no ambiente deve-se evitar ter carpetes, cortinas e bichos de pelúcia, pois são acumuladores de poeira, o quarto onde o portador da rinite alérgica dorme deve ser limpo diariamente e tirar o pó também, porem não deve ser feito com panos secos, deve-se passar panos úmidos, só assim a poeira não mudará de lugar e será eliminada. Os travesseiros ou almofadas devem ter suas fronhas trocadas sempre que necessário, o uso de capas nos colchões costumam inibir a presença dos ácaros. O ambiente em que o paciente vive deve ter boa ventilação, pois em ambiente ensolarados e com boa ventilação é mais difícil dos ácaros se multiplicarem.

Leia Também:  Conheça a vacina contra pneumonia

O uso de medicamentos para os pacientes de rinite alérgica são sempre os mesmos, e geralmente começam a ser usados desde muito cedo, quando o paciente apresenta as primeiras crises de rinite alérgica, porem o que vai depender da aplicação e dosagem é de como a crise se apresenta, lembrando que existe medicamentos de prevenção que devem ser ministrados quando não existe crise, prevenindo-a, e deve sempre ser ministrados por médicos, nunca por automedicações.

As vacinas anti-alergicas servem para diminuir a sensibilidade do paciente à aquele agente agressor e desencadeador da alergia, o tratamento costuma ser longo, porem quando feito de maneira correta, o paciente chegará a um estagio de não precisar mais usar medicamentos.

Com o avançar da idade, o paciente portador da rinite alérgica aprenderá a se defender da doença, pois os sintomas costumam incomodar e muito.

Mais uma dica para os portadores de rinite alérgica é o uso de umidificadores de ambiente, são aparelhos que são vendidos em lojas especializadas ou farmácias, porem caso seja necessário, ou você não tenha disponibilidade para comprar um aparelho destes neste momento, coloque no ambiente em que o paciente irá dormir, uma bacia com agua e algumas pedras de gelo, ou toalhas molhadas próximo ao local onde ele irá dormir, isto dará resultado temporário, ou seja, resolverá o problema por algumas noites.

Top