Traramento Cirurgico Para Celulite – Como Funciona

Redacao 06/09/2010 Beleza

Tratamento Cirúrgico Para Celulite – Como Funciona

A celulite infelizmente atinge 95% das mulheres, sendo que todas já nascem com essa predisposição, algumas com mais outras com menos, mas nenhuma mulher escapa de ter celulite em algum dia da sua vida. A celulite é mais comum na gravidez, na puberdade, quando a mulher usa pílulas anticoncepcionais, pois esses fatores ocasionam uma alteração na circulação sanguínea e linfática ocasionando o acumulo de liquido e proteínas nas células de gordura causando uma irregularidade na pele tipo casca de laranja, um aspecto com furinhos. As regiões mais afetadas nas mulheres são as de maior acumulo de gordura como: abdomes, quadris, coxas, culotes, pernas e nádegas.

Divisão da celulite

  • Grau 1 – Os furinhos só são visíveis se o local for comprimido
  • Grau 2 – Os furinhos são percebidos sem que o local seja comprimido. Às vezes é possível sentir alguns nódulos.
  • Grau 3 – Os nódulos são bastante perceptíveis e têm consistência endurecida, demonstrando que já houve cicatriz interna (fibrose) e pode ocorrer dor.
  • Grau 4 – Presença de macronódolos, furo profundo e cicatriz.

Caso Cirúrgico

A cirurgia para celulite só pode acontecer entre os graus 2 e 4, e essa cirurgia só pode ser realizada por um cirurgião plástico que seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, e é necessário que o paciente seja submetido a exames pré-operatórios assim como em qualquer cirurgia.

Como é feita a Cirurgia

A cirurgia é feita da seguinte maneira: depois de demarcada a região é feita uma (assepcia) limpeza rigorosa, depois de feita a limpeza a região é infiltrada com uma solução de soro fisiológico e anestésico. Esta infiltração é diferente da lipoaspiração, pois ela é mais superficial, é feita uma incisão de mais ou menos 1cm, para a colocação de uma cânula própria que possui um anel na sua extremidade, e é este anel que rompe as fibras que causam o aspecto de casca de laranja em movimentos repetidos de ida e volta. Sendo que no primeiro movimento de ida rompem-se as bandas e no segundo de volta os acúmulos de gordura se desprendem. Neste procedimento não há nenhum tipo de aspiração.

Pós Operatório

Os pontos são retirados entre sete e dez dias, e é aconselhável usar uma cinta compressiva, o pós-operatório é tranqüilo e o paciente deve fazer repouso por

Outros artigos