Trânsito ao Vivo em São Paulo

Trânsito virou, praticamente, um dos sinônimos de São Paulo. Impossível não falar da metrópole sem ressaltar o estresse decorrente das infinitas filas de carros,…

Trânsito virou, praticamente, um dos sinônimos de São Paulo. Impossível não falar da metrópole sem ressaltar o estresse decorrente das infinitas filas de carros, caminhões, ônibus e motocicletas que se tumultuam pelas ruas e avenidas da cidade a toda hora do dia.

Uma recente pesquisa desenvolvida pela IBM, inclusive, apontou o trânsito paulistano como o sexto mais irritante do planeta. Realizado em 20 cidades de seis continentes, o estudo contou considerou a opinião de 8.192 motoristas para realizar o ranking. À frente de São Paulo, apenas Pequim, Moscou, Cidade do México, Johanesburgo e Nova Deli.

Fugir completamente do tráfego intenso é impossível, mas existem algumas possibilidades que nos permitem optar por rotas alternativas que contribuem para que cheguemos um pouco mais rápido ao nosso destino ou que alertem quanto aos trajetos a serem evitados por conta de alguma ocorrência que por alguma razão interditou uma via.

Uma dica, por exemplo, é o portal da CET – Companhia de Engenharia de Tráfego (http://cetsp1.cetsp.com.br/monitransmapa/agora/), que monitora o trânsito, avalia e controla os índices de congestionamento diariamente.

O site é atualizado com base nas informações fornecidas pelos técnicos de trânsito, que realizam todas as atividades operacionais da instituição e comunicam a central sobre lentidões e ocorrências. Os dados são processados e publicados na página em forma de gráficos, mapas e tabelas.

No mapa da CET, São Paulo é dividida em cinco regiões (centro, leste, norte, oeste e sul). Cada uma delas tem o índice e porcentagem de lentidão comparados ao restante da cidade. O gráfico do índice de lentidão é registrado a cada meia-hora, de segunda à sexta, entre 7h e 20h – com linhas que indicam os limites inferior e superior, de acordo com cálculos estatísticos.

Continuar Lendo  Eletrodomésticos Ative Brastemp

O site traz ainda a tendência do comportamento do trânsito para cada zona, que é estabelecida com base no registro da lentidão a cada dez minutos. O mesmo é feito para os principais eixos da cidade, uma vez que algumas vias ocupam mais de uma região – como as marginais Tietê e Pinheiros.

As ocorrências notáveis também são apresentadas no portal, alertando interferências que podem alterar as condições de fluidez e segurança do transito para os motoristas. Há também um indicativo de vias que apresentam mais lentidão. Assim, é possível optar por rotas alternativas e evitar perder ainda mais tempo no congestionamento.

Outra página bem interessante é o Trânsito G1 (http://g1.globo.com/Noticias/Transito/0,,ANT0-7396,00.html), que apresenta uma tabela com as principais ruas da cidade e a classificação do trânsito em cada uma delas. O site ainda a classificação geral do trânsito da cidade e a contabilidade do congestionamento do momento, além da seção de localizar endereços e traçar rotas. A página ainda oferece os mesmos serviços para os motoristas cariocas.

Já o Trânsito ao Vivo (www.transitoaovivo.com/), comandado pelo repórter fotográfico e agente de trânsito Oslaim Brito, em colaboração com os estudantes de jornalismo Maiane Brito e Rafael Brito é um banco de imagens com canais no Twitter, You Tube e Flickr, que registram o trânsito da cidade em cliques e vídeos.

Quem sai de casa com pressa e não pode acessar a internet pode recorrer ao rádio. A SulAmérica Trânsito (92,1 FM) tem como objetivo ajudar o paulistano a enfrentar o trânsito da capital. Com suporte jornalístico do grupo Bandeirantes, a emissora oferece informações e boletins ao vivo das ruas de São Paulo. Através do número (11) 9554-5555, os próprios motoristas podem dar suas dicas e opiniões de rotas para auxiliar os outros ouvintes a evitarem congestionamentos.

Continuar Lendo  Google Maps tem recurso para avaliar o trânsito

Top