Traição virtual: o que fazer

A infidelidade conjugal virtual é cada dia mais comum em nosso meio. A traição se tornou passatempo da moda com conduta aceita pela sociedade.…

Por Editorial MDT em 08/01/2013

A infidelidade conjugal virtual é cada dia mais comum em nosso meio. A traição se tornou passatempo da moda com conduta aceita pela sociedade. Para algumas pessoas a traição virtual é um conceito individual e manter contato com outras pessoas nem é caracterizado como traição. Para muitos pode ser apenas um fetiche ou descontentamento com a relação.  Saiba mais sobre o assunto e veja o que fazer nos casos de traição virtual.

O casal deve entrar em comum acordo sobre o uso de redes sociais e bate papos na internet. (Foto: divulgação)

Traição virtual

Todas as pessoas quando entram em um relacionamento desejam ser especiais e com exclusividade. Sentimos interesse por alguém por que de alguma forma ela tem algo que nos falta. Dessa forma, é essencial que o casal estabeleça e esclareça os sentimentos e as regras.

O que desperta a curiosidade dos internautas é o anonimato, o mistério e as fantasias. É possível criar um vínculo emocional com a pessoa, mesmo que o encontro verdadeiro nunca aconteça de fato. Muitos relacionamentos acabam após a descoberta de perfis em sites de relacionamento ou bate-papo.

A maioria das pessoas que se envolvem virtualmente com outras acreditam que não está acontecendo nada de errado. Já os parceiros se sentem traídos, mesmo que não tenha ocorrido contato físico.

A traição virtual é um problema muito comum nos dias atuais. (Foto: divulgação)

Veja também traição pública, como lidar

O que fazer em caso de traição virtual

1. Quando se tem conhecimento do que está acontecendo, o ideal é agir para evitar que o problema fique ainda maior;

2. Uma boa dica é conversar com o parceiro e propor a ele a eliminação das redes sociais ou bate papos ou a união das mesmas, para que os dois possam ter acesso as contas;

3. Não se trata de vigiar a vida do parceiro e sim não manter segredos para evitar as desconfianças e traições virtuais;

4. Caso seu parceiro não aceite as alternativas, então salve os históricos das conversas dos bate-papos e redes sociais para que ele também possa ter acesso;

5. Fique de olho em todos os detalhes, para se certificar de que a traição está mesmo ocorrendo. Caso ela realmente existir e você já conversou com o parceiro e de nada adiantou, é hora de repensar se essa relação vai valer mesmo a pena.

A traição virtual pode levar o relacionamento ao fim. (Foto: divulgação)

Veja também traição virtual, aprenda a blindar seu relacionamento 

A traição virtual é um algo cada dia mais comum, para algumas pessoas ela pode fazer parte de um relacionamento moderno e para outras é algo totalmente inaceitável. Um relacionamento é baseado em confiança e diálogo entre o casal, sendo assim é essencial que o casal esteja em comum acordo sobre tudo o que acontece.

 

Top