Traição financeira: o que é, como lidar

A infidelidade acontece de várias maneiras diferentes, além da amorosa, existe a virtual, em pensamento e também a traição financeira. Apesar de parecer algo…

Por Editorial MDT em 22/03/2013

A infidelidade acontece de várias maneiras diferentes, além da amorosa, existe a virtual, em pensamento e também a traição financeira. Apesar de parecer algo estranho, ela é muito comum. Segundo pesquisas, uma a cada três pessoas admitem que minta para seus parceiros sobre dinheiro, o que representa 31%. Saiba mais sobre o que é e como lidar com a traição financeira.

A traição financeira é mais comum do que se imagina. (Foto: divulgação)

O que é traição financeira

Imagine você chegando do serviço, seu marido está no escritório e deixou a carteira em cima da cama. Você vê um extrato bancário e resolve dar uma olhada e percebe que não se trata da conta conjunta e muito menos pessoal dele. Está descoberta a traição e o pior é que não existe amante.

Além de mentir o tempo todo sobre quanto ele ganhava, não contou sobre o fato de que tinha uma poupança. É nesse ponto que fica a diferença entre o que dizia ganhar e o que realmente ele recebe.

Segundo pesquisas divulgadas pela revista Forbes, 31% dos americanos declaram que ser infiéis financeiramente. para quem não sabe o que é a traição financeira, ela está relacionada com a omissão dos gastos, dívidas e até mesmo outras fontes de renda. Dessas traições, as mais frequentes estão relacionadas a esconder do parceiro ou mentir sobre o preço quando comprar coisas mais caras.

É preciso estabelecer limites para que a traição financeira não seja prejudicial para a relação. (Foto: divulgação)

Veja também como descobrir se o homem está traindo, quais os sinais a serem observados

Como lidar com a traição financeira

1. Controlar os danos: se a traição financeira está ocorrendo agora é preciso reparar os danos. Não permita que a pessoa continue agindo da mesma forma;

2. Tudo no lugar: a dor de uma traição financeira pode ser muito grande. Em parte, é preciso entender a verdadeira origem das perdas ocorridas. Caso o parceiro tenha estourado o orçamento, isso pode ser concertado, desde que não volte a se repetir. São poucos os erros financeiros que podem prejudicar seu futuro, portanto tenha isso em mente;

3. Estabeleça limites: com certeza você não irá querer repetir o que já viveu. Não é preciso eliminar a pessoa da sua vida, mas estabelecer limites de forma que a pessoa não abuse mais da sua vontade é imprescindível.  Faça o que for preciso e se proteja. Além disso, você estará fazendo um grande favor para seu parceiro sendo honesto em relação aos seus sentimentos;

4. Faça uma checagem: se você foi ferido por alguém mais próximo, é preciso falar com a pessoa que magoou sobre o assunto. Fale ao parceiro sobre o que aconteceu e o que pensa fazer;

5. Incentive-o a procurar ajuda: procura ajuda de um psicólogo pode ajudar a resolver o problema do casal, tanto para o traidor quanto para a pessoa traída.

A traição financeira vai desde uma compra escondida até a mentira sobre o salário. (Foto: divulgação)

Veja também perdoar uma traição vale a pena 

A traição financeira é um problema que afeta muitos casais e que pode comprometer a relação. Ela pode acontecer de várias formas, desde uma pequena mentira sobre o preço de uma roupa, até mesmo sobre os investimentos bancários. É preciso que a pessoa traída tome uma atitude para evitar danos maiores, como as dívidas e outros problemas financeiros.

Top