Todos os tweets dos últimos dois anos foram vendidos

Em meio às polêmicas causadas pelas mudanças na política de privacidade do Google que serão implantadas em todo o mundo a partir do dia…

Empresas vão usar as postagens do microblog para direcionar suas campanhas de marketing

Em meio às polêmicas causadas pelas mudanças na política de privacidade do Google que serão implantadas em todo o mundo a partir do dia 1º de março, uma nova notícia surgiu para agitar ainda mais a internet, causando revolta em alguns internautas, principalmente naqueles que usam diariamente o Twitter para diversos tipos de atividades.

A notícia, divulgada em diversos sites estrangeiros no dia 29 de fevereiro, dá conta de que a empresa britânica Datasift, que atua no tratamento e na distribuição de grandes quantidades de informação, negociou diretamente com os representantes do Twitter a compra de todas as mensagens (tweets) postadas no microblog durante os dois últimos anos. Os valores da transação não foram revelados até o momento.

Para se ter uma ideia do tamanho desta quantidade de dados adquiridos pela Datasift, são postados por dia cerca de 250 milhões de tweets. Imagina isso multiplicado por quase 800 dias? É um arquivo de dados gigantesco e muito rico em informações sobre pessoas de todos os cantos do planeta que usam a rede social.

A exceção fica por conta dos tweets apagados ou aqueles de contas privadas, que não entraram na negociação.

Como serão usadas essas informações?

Várias empresas já estão de olho nas informações que a Datasift comprou

A principal motivação para a venda dos tweets é que muitas empresas se utilizam das mensagens postadas na rede para saber o que as pessoas pensam sobre determinados produtos e empresas, ou seja, as informações colhidas serão vendidas para as empresas intensificarem e direcionarem as suas campanhas de marketing para um determinado público-alvo.

Leia Também:  Telefone Residencial Embratel Planos

Além disso, o microblog tem mais de 300 milhões de usuários, entre eles muitos famosos e formadores de opinião, que costumam fazer verdadeiros fóruns de discussão com os seus seguidores. Destes tópicos, as companhias de marketing podem retirar preciosas informações e até prever e se preparar para alguns tipos de eventos online.

Esse tipo de ação já é praticado há algum tempo, porém, anteriormente era liberado para as empresas um histórico máximo das postagens dos últimos 30 dias. Com esse volume gigantesco de informações que estará disponibilizado, a expectativa é de que milhares de empresas estejam interessadas em adquirí-las.

De acordo com especialistas, o impacto mais imediato para quem usa o Twitter todos os dias para expressar as suas opiniões e manter contato com amigos e parentes, é que o volume de propagandas no site irá crescer bastante, principalmente de produtos e empresas que fazem parte da sua lista de seguidores ou sobre os quais comenta-se com bastante frequência.

Barack Obama é um dos milhões de usuários do Twitter

Top