Tireoide: o que é, tratamento

Tireoide: o que é, tratamento

Saiba mais sobre a tireoide: o que é, tratamento. Quando essa glândula não produz hormônios corretamente, o organismo deixa de funcionar de forma equilibrada…

Por Isabella Moretti em 06/03/2016

Saiba mais sobre a tireoide: o que é, tratamento. Quando essa glândula não produz hormônios corretamente, o organismo deixa de funcionar de forma equilibrada e passa a dar sinais de que alguma coisa está errada com o corpo. Leia a matéria para conhecer mais detalhes sobre os distúrbios da tireoide.

Tireoide: o que é, tratamento. (Foto Ilustrativa)

Tireoide: o que é, tratamento. (Foto Ilustrativa)

A tireoide é uma região do corpo muito afetada por distúrbios, devido a produção irregular de hormônios. As pessoas que sofrem de problemas na glândula podem perder ou ganhar peso, sofrer com aumento da frequência cardíaca, apresentar tremores nas mãos, depressão, fraqueza muscular, entre outros sintomas.

Leia mais: Problemas mais comuns da tireoide: quais são

Tireoide: o que é, tratamento

Veja nos tópicos a seguir tudo a respeito da tireoide: o que é, tratamento:

O que é tireoide?

A tireoide é uma glândula em forma de borboleta, que fica na parte inferior do pescoço. Ela é responsável por produzir dois hormônios vitais para o funcionamento do organismo, ou seja, a triiodotironina (T3) e a tiroxina (T4).

Os hormônios T3 e T4 são fundamentais para o metabolismo basal. Eles garantem o bom funcionamento das células e, consequentemente, ajudam o corpo a realizar todas as suas funções sem interferências, como o controle da temperatura, os movimentos intestinais e os batimentos do coração.

Problemas que afetam a tireoide

A tiroide produz hormônios essenciais para o organismo. (Foto Ilustrativa)

A tiroide produz hormônios essenciais para o organismo. (Foto Ilustrativa)

Hipotireoidismo: essa doença se manifesta quando a tireoide não libera a quantidade de T3 e T4 que o corpo precisa. Em geral, o distúrbio afeta 20% das mulheres de todo o mundo. Os sintomas que sinalizam a doença são: sonolência, intestino preso, inchaço, aumento de peso, pele seca, desânimo e aumento da pressão arterial.

Hipertireoidismo: esse distúrbio se manifesta quando a pessoa tem uma tireoide ativa demais, ou seja, que libera mais hormônios do que o corpo precisa. Nesse caso, os sintomas são: batimentos cardíacos acelerados, agitação, insônia, emagrecimento e diarreia.

Saiba mais: Hipotireoidismo e Hipertireoidismo – Sintomas e tratamento

Câncer na tireoide: a glândula é coberta por folículos que estocam hormônios. Quando essas pequenas estruturas crescem de forma descontrolada, elas podem se transformar em um câncer. Dos nódulos extraídos da tireoide, 95% são benignos. A rouquidão pode ser um sintoma de tumor.

Além dos problemas de saúde citados acima, existem outros distúrbios e doenças que acometem a tireoide, como o bócio e a tireoidite silenciosa.

Tratamentos

Assim que os primeiros sintomas aparecerem, é preciso procurar um médico. (Foto Ilustrativa)

Assim que os primeiros sintomas aparecerem, é preciso procurar um médico. (Foto Ilustrativa)

O primeiro passo para tratar os problemas da tireoide é identificar os sintomas. Feito isso, procure um médico para realizar o exame de sangue para a dosagem de TSH. A sigla representa um hormônio responsável por estimular a produção de T3 e T4 na glândula.

Se o exame indicar TSH baixa, significa que a tireoide está produzindo hormônios em excesso. Por outro lado, se o índice estiver alto, há pouco T3 e T4 no organismo. Nos dois casos é preciso fazer uso de medicamentos contínuo, de acordo com as orientações do médico endocrinologista.

Se houver suspeitas de câncer na tireoide, o médico fará um exame de palpação da glândula e também uma ultrassonografia para identificar possíveis nódulos. Se o tumor for diagnosticado, o tratamento é cirúrgico.

Veja também: Mitos e verdades sobre tireoide

Agora você já sabe tudo sobre tireoide: o que é, tratamento. Assim que um sintoma de distúrbio na glândula se manifestar, procure um médico e faça os exames para obter um diagnóstico preciso. Continue no Mundo das Tribos e veja outras publicações sobre saúde.

 

Top