Tire suas dúvidas sobre a higiene íntima feminina

Uma higiene íntima adequada pode trazer vários benefícios, alguns desconhecidos para algumas mulheres. A seguir você encontra a reposta para as dúvidas mais frequentes…

Higiene íntima

Uma higiene íntima adequada pode trazer vários benefícios, alguns desconhecidos para algumas mulheres. A seguir você encontra a reposta para as dúvidas mais frequentes sobre o assunto.

1. A higiene íntima previne doenças?

Sim, pode inclusive evitar infecção urinária. Além da prática do banho, é importante secar bem a vagina e usar calcinhas de tecidos que permitam a respiração da pele, como o algodão. O mau odor nem sempre é sinal de falta de higiene, às vezes ele pode indicar que a biota natural da vagina está desequilibrada ou pode ser sinal de uma doença adquirida no ato sexual. É preciso de atenção.

2. É realmente importante usar o sabonete íntimo feminino?

A maioria dos sabonetes comuns (em barra ou mesmo os líquidos) apresentam pH alcalino, que é o oposto ao pH ácido naturalmente encontrado na mucosa da vagina e que serve como proteção contra agentes infecciosos; por isso o uso diário de sabonetes comuns não é o mais adequado, uma vez que facilita infecções, além de poder causar irritação, devido ao fato da região genital ser bastante sensível. O ideal é usar os produtos testados e desenvolvidos especialmente para essas áreas.

3. Como usar o sabonete líquido feminino?

O sabonete não deve ser introduzido no canal vaginal, lavando-se apenas a região genital externa tanto do ânus como da vagina – região entre os pequenos e grandes lábios e região do períneo.

4O sabonete pode ser usado diariamente?

Sim, o uso diário ajuda na prevenção mais eficaz de doenças. O indicado é de 1 a 3 vezes ao dia em climas quentes, e pelo menos 1 vez ao dia quando frio.

5. E quanto à ducha higiênica?

A ducha vaginal é CONTRAINDICADA! Ela destrói a flora vaginal natural, que é então substituída por microrganismos que podem causar doenças. A ducha ainda pode levar para dentro da vagina esses agentes, que poderiam ser eliminados pela defesa externa do nosso organismo.

Leia Também:  Esmaltes cores e tendências 2016

6. É necessários ter algum cuidado especial com a calcinha?

Como já foi dito, a calcinha deve ser feita com tecido que permita a transpiração (como o algodão); evite usar amaciantes (que podem provocar alergias) e deixe-as secar ao sol. É importante NUNCA, em HIPÓTESE ALGUMA, usar calcinha emprestada.

7. Existe algum jeito adequado de fazer uso do papel higiênico?

Sim. A região anal é naturalmente uma região rica em microrganismos que podem levar ao aparecimento de doenças do trato genital feminino. Ao fazer uso do papel higiênico é recomendado que a mulher o passe sempre no sentido da frente para trás, e o contrário, que poderia levar esses agentes presentes na região anal, para a região vaginal. Outra dica importantíssima quanto à higiene feminina, e que previne graves infecções do trato genital, é a o costume de trocar o preservativo quando alternar da prática do sexo anal para o vaginal.

8. O uso do sabonete íntimo pode curar de infecções vaginais?

O uso apenas do sabonete íntimo não pode curar infecção, eles são indicados para a prevenção dessas doenças, quando usados regularmente. No caso de apresentar algum sinal de infecção, é necessário procurar auxilio médico.

Cuide-se

Top