Tipos de alisamento que não danificam os cabelos

A moda dos cabelos lisos continua, mesmo com a praticidade da pranchinha para alisá-los a qualquer hora, não há nada melhor do que lavar…

Por Redacao em 19/11/2011

A moda dos cabelos lisos continua, mesmo com a praticidade da pranchinha para alisá-los a qualquer hora, não há nada melhor do que lavar as madeixas e sair por aí despreocupada, sabendo que os fios não ficarão revoltados e cheios de frizz. Por isso, muitas mulheres correm para os salões de beleza para alisar de vez os cabelos.

Alisamento sem danos aos fios

Mas será que existe algum procedimento que deixe os cabelos lisinhos, sem danificar a fibra capilar? Sim! A tecnologia está a favor das mulheres e hoje há produtos no mercado à base de substâncias pouco agressivas, uma alternativa ao polêmico formol.

Progressiva sem formol – a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou o uso da nova progressiva à base de methylparaben e propylparaben. Sem formol, a novidade não agride o couro cabeludo, quase não tem cheiro e dura bastante (de quatro a seis meses)! A nova progressiva pode ser usada por mulheres com cabelos tingidos, alisados ou com qualquer tipo de química.

Selagem – embora os produtos de selagem capilar tenham formol em sua composição, eles atendem às exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e o formol é em pequena quantidade (apenas a permitida). O resultado promete alisar os fios de forma natural, sem perder o movimento e a naturalidade, ou seja, o cabelo não fica chapado de liso, mas ganha leveza e facilidade de secar, com o secador. Quem faz a selagem garante que é o melhor método para manter as madeixas disciplinadas, pois o resultado não fica artificial,e não agride tanto os fios e pode ser usado por todas as mulheres.

Relaxamento – algumas mulheres querem apenas soltar os cachos e baixar um pouco o volume dos fios, sem alisar por completo. Para esse tipo de cliente, o ideal é um relaxamento com produtos de hidróxido de sódio e derivados. Esse procedimento exige que você retorne ao salão para retoques na raiz, pelo menos de dois em dois meses.

Escova indiana – os tratamentos naturais são uma alternativa para quem não quer correr riscos de quebrar ou danificar os fios com agressões químicas. A escova indiana dura em média dois meses e é, na realidade, uma hidratação profunda à base de chá verde. O resultado é o cabelo mais liso, com redução do volume, mais natural e com a facilidade de escovar em casa, caso queira um resultado ainda mais liso.

Para qualquer tipo de alisamento é importantíssimo que a manutenção seja bem feita, com xampu e condicionador adequado, que podem ser indicados pelo profissional que realizou o alisamento nos seus cabelos. Não se esqueça de hidratar os fios, para deixá-los com bastante brilho!

Top