Tim Cook , sucessor de Steve Job: conheça mais de sua história

Nos últimos tempos, todos aqueles que se ligam em tecnologia e acima de tudo são applemaníacos estão prestando atenção nos próximos passos da companhia.…

Nos últimos tempos, todos aqueles que se ligam em tecnologia e acima de tudo são applemaníacos estão prestando atenção nos próximos passos da companhia. O afastamento de seu fundador e símbolo, Steve Jobs da presidência, anunciada no dia 24 de agosto, gerou muitas expectativas em torno daquela que atualmente é a maior empresa de tecnologia do mundo e com isso fez com que todos prestassem atenção àquele que assumiu o comando.

O sucessor de Jobs, Tim Cook não é exatamente um nome novo para quem presta atenção nos rumos da Apple. Cook era o vice-presidente operacional da empresa e já vinha assumindo o comando durante os períodos de licença médica de seu fundador, além de ter um papel fundamental nos bastidores, porém com o afastamento definitivo o nome ganhou força e importância.

Quem é Tim Cook?

O novo presidente da Apple, Timothy D. “Tim” Cook tem 50 anos, e é natural do Alabama. Formou-se em engenharia industrial pela Universidade de Auburn, além de do título de MBA pela Universidade de Duke. Sua personalidade é descrita por quem trabalha ao seu lado como sendo simples e cordial. Em comparação com Steve Jobs, feita pelo G1 seu estilo é mais discreto, trabalhando quase na obscuridade durante anos e muito longe de ter um perfil de showman que o seu mentor.

Em compensação os contrapontos são ressaltados pelo Uol mediante outro comparativo feito pelo New York Times: enquanto Jobs é “obcecado por cada detalhe dos produtos Apple”, Cook é obcecado com todas as minúcias de pouco glamour das operações da Apple”, uma junção que se mostrou fundamental em tempos de crise.

Leia Também:  Dicas para criar senhas seguras

Ainda de acordo com informações colhidas pelo UOL seu currículo anterior inclui trabalhos na IBM e na Compaq, de onde saiu justamente para trabalhar com Jobs. Seu trabalho na Apple veio em 1998, quando a companhia estava em maus lençóis e prestes a falir. Sua função incialmente era supervisionar a produção de computadores da empresa e desde 2007 ocupa o posto de Chief Operating Officer (COO – Chefe de Operações).

Segundo informações publicadas no portal G1, isso significa que Tim Cook é o responsável pelas vendas e operações mundiais da empresa com funções como gerenciamento da cadeia de produtos, atividades de venda e suporte ao consumidor em diversos países. Entre suas atribuições também há a liderança na divisão Macintosh e desenvolvimento de estratégia para revendedores e varejistas.

O futuro da Apple:

Embora o afastamento de Steve Jobs do comando tenha sido encarado como surpresa mesmo diante de seu estado de saúde, o nome de Tim Cook foi bem recebido por investidores, embora também tenha suscitado muitas dúvidas. O fato de ser um nome relativamente familiar dentro da companhia causou alguma tranquilidade, porém as preocupações ficam por conta de possíveis mudanças.

Segundo matéria publicada no G1, o novo presidente operacional da Apple assegurou que nada mudará em sua gestão, em uma tentativa de tranquilizar profissionais e investidores. A declaração, feita através de email afirma que a empresa continuará a ser “o lugar mágico que é”.

Top