Tetraplégico vai pilotar um carro na Indy 500

Faz 14 anos que Sam Schmidt sofreu um acidente durante uma corrida de automóveis. O resultado desse acidente foi a tetraplegia, que o impossibilita…

Faz 14 anos que Sam Schmidt sofreu um acidente durante uma corrida de automóveis. O resultado desse acidente foi a tetraplegia, que o impossibilita de fazer coisas comuns a maioria das pessoas durante o seu dia a dia. Mas, nesse próximo dia 25 de maio, esse tetraplégico vai pilotar um carro na Indy 500.

Homem que vai pilotar com a ajuda de um capacete cheio de sensores (Foto: Divulgação)

Leia também: Piloto Britânico Dan Wheldon Morre Após Acidente Na Fórmula Indy

Tetraplégico vai pilotar um carro na Indy 500

Sam Schmidt vai voltar a pilotar um carro e isso acontecerá de modo emocionante, na abertura da prova Indianápolis 500, nos Estados Unidos. Essa participação será simbólica e o homem de 49 anos de idade vai dar quatro voltas na pista antes de a corrida começar, pilotando um Corvette C7 Stingray adaptado.

Tecnologia permitirá que homem tetraplégico pilote

Mesmo sendo somente quatro voltas, permitir que um tetraplégico pilote um carro na Indy 500 é um grande avanço tecnológico, além de demonstrar a força desse piloto. O Corvette que Schimidt vai pilotar é um carro high tech semiautônomo. Foram feitas muitas modificações no carro, sendo que agora ele permite que o piloto, paralisado dos ombros para baixo, dirija usando somente os movimentos da cabeça e da boca, o que seria inimaginável antes dessas adaptações do veículo.

Veja também mais informações sobre: São Paulo Indy 300: Venda De Ingressos

 

Nos treinos ele usa um boné com as características do capacete que permite que ele pilote (Foto: Divulgação)

Capacete diferente permite que tetraplégico dirija

Para que o tetraplégico pilote um carro na Indy 500, ele vai precisar usar um capacete com marcadores especiais. No carro vai ter sensores espalhados pelo cockpit com a função de detectar os movimentos desse capacete (durante os testes, ele usa um boné com a mesma função).

Continuar Lendo  Disney anuncia Sofia, a primeira princesa criança da produtora

Quando o piloto tombar a cabeça para um lado ele determina que o carro faça as curvas na direção desejada. Se o homem inclinar a cabeça para trás ele consegue acelerar o motor do carro. E o freio do veículo é acionado com a boca, mordendo-se um sensor de pressão. Todos esses sinais são processados por um computador de bordo, que manda os comandos ao motor, ao freio e ao sistema de direção.

Top