Teste de sangue rápido pode diminuir uso de antibióticos

Teste de sangue rápido pode diminuir uso de antibióticos

Teste de sangue rápido pode diminuir uso de antibióticos e o resultado desse exame sai em um prazo de duas horas. Isso porque as…

Por Élida Santos em 23/03/2015

Teste de sangue rápido pode diminuir uso de antibióticos e o resultado desse exame sai em um prazo de duas horas. Isso porque as pessoas não precisarão mais tomar muitos remédios para descobrir se o problema é bacteriano ou por meio de um vírus. Isso é muito positivo, pois assim paramos de tomar remédios em vão que aumentam a resistência de bactérias em nosso organismo.

Teste de sangue rápido pode diminuir uso de antibióticos (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre: Como acabar com o inchaço do corpo

Teste de sangue rápido pode diminuir uso de antibióticos

Teste de sangue rápido pode diminuir uso de antibióticos porque o médico vai poder saber se a infecção é bacteriana ou se ela é viral. O resultado desses testes foram publicados na revista “Plos One”e pode fazer com que pacientes que estão sendo tratados com antibióticos parem de tomá-los quando eles não são necessários.

Tome menos remédios (Foto: Divulgação)

Aparelho portátil que aponta se mal é causado por vírus ou bactéria

O estudo está mesmo em estágio laboratorial, e com isso, a equipe de cientistas de alguns centros médicos em Israel, em colaboração com a empresa Meme, já está trabalhando também em um dispositivo portátil que facilite o transporte e a aplicação em consultórios médicos.

Aprenda a cuidar melhor da sua saúde (Foto: Divulgação)

Saiba mais informações sobre: Tratamentos para sinusite

Diferenciais entre infecções ajuda na identificação

A tecnologia mostra diferenciais entre infecção por bactéria e por vírus pois eles desencadeiam diferentes vias no sistema imune, podendo ser visto nesse tipo de exame. Ao realizar o rastreio extenso de proteínas do sistema imunológico em pacientes com infecções agudas, o grupo identificou três proteínas solúveis que são ativadas exclusivamente por bactérias ou por vírus.

Aprenda a fazer esse teste (Foto: Divulgação)

Menos medicamento, mais saúde

“O teste é preciso. Para a maioria dos pacientes nós pudemos dizer se a infecção foi causada por uma bactéria ou por um vírus dentro de duas horas”, explicou Eran Eden, da Memed. “Não é perfeito e não substitui o julgamento de um médico, mas é melhor do que muitos dos testes de rotina utilizados na prática de hoje.”

Top