Terapia hormonal para homens

É fato que todos os homens produzem testosterona. Ela é o hormônio sexual masculino mais importante, sendo responsável pela manutenção dos músculos, ossos, gorduras…

A andropausa inicia a apresentação dos sinais e sintomas em torno dos 50 anos.

É fato que todos os homens produzem testosterona. Ela é o hormônio sexual masculino mais importante, sendo responsável pela manutenção dos músculos, ossos, gorduras e da libido, assim como dos impulsos masculinos, servindo como moduladora dos sentimentos e bem-estar emocional dos homens. Como o passar dos anos, a taxa de testosterona diminui, sendo que aos 50 anos, seu nível atinge o mínimo. Devido a isso, cada vez mais, os homens procuram o atendimento médico com o intuito de repor esse hormônio essencial. Conheça um pouco mais sobre a terapia de reposição hormonal masculina.

Saiba mais sobre a menopausa masculina e entenda quais os hormônios que estão em declínio. 

Compreendendo a importância da testosterona

A testosterona está presente no sangue do homem desde seu nascimento, atingindo seu limiar máximo na adolescência. Esse hormônio é responsável pelo:

  • Tom de voz;
  • Alongamento dos ossos;
  • Hipertrofia e força muscular;
  • Produção de esperma;
  • Crescimento da genitália;
  • Engrossamento e oleosidade da pele;
  • Padrão da distribuição dos pelos;
  • Comportamento;
  • Libido.

Leia também: Pílula anticoncepcional também para os homens.

Com o tratamento correto, a andropausa é amenizada.

Queda dos níveis da testosterona

Em torno dos 40 anos, inicia-se o declínio dos níveis de testosterona, que é  lento e gradual. Desde o início, o homem já pode manifestar o quadro cínico específico, que é composto por:

  • Desinteresse geral;
  • Perda do desejo sexual;
  • Impotência;
  • Fraqueza;
  • Tristeza;
  • Insônia;
  • Mau humor.

Todos os sinais e sintomas anteriormente descritos justificam a presença da andropausa.

Saiba mais sobre a testosterona, um hormônio que tanto os homens quanto as mulheres produzem.

Iniciando a reposição hormonal

Quando o médico especialista avaliar que o paciente apresenta as queixas clínicas compatíveis, em associação com um exame físico e laboratorial positivos para um quadro de andropausa, ele já pode iniciar a reposição hormonal.

Continuar Lendo  Testosterona - Homens e mulheres produzem testosterona

Conhecendo os tipos de tratamento

De forma geral, o tratamento deve amenizar as oscilações dos níveis de testosterona, assim como de seus metabólitos, além de ser uma reposição bem tolerada, barata e acessível ao paciente. Ele pode ser tanto oral, quanto injetável e sua escolha irá depender do quadro apresentado pelo paciente.

Os baixos níveis de testosterona podem afetar a libido.

A andropausa é uma condição clínica benigna e muito frequente nos homens de meia idade. Felizmente, com os avanços da tecnologia, ela possui tratamento, sendo comumente utilizada pelos homens acometidos. É importante ressaltar que a andropausa merece uma atenção maior e uma abordagem multidisciplinar, por envolver grandes parâmetros do universo masculino. Assim, diante de manifestações dos sinais e sintomas anteriormente citados, é importante procurar por uma orientação  médica e, se necessário, iniciar o tratamento com a reposição hormonal. Com certeza, uma atitude como essa fará grande diferença á sua vida. Vale a pena conferir!

Top