Ter televisão no quarto aumenta o risco de obesidade infantil

São muitos os estudos que demonstram que o “excesso de apresso” pela televisão na infância faz mal à saúde. Segundo esses estudos, ficar horas…

Por Élida Santos em 14/12/2012

São muitos os estudos que demonstram que o “excesso de apresso” pela televisão na infância faz mal à saúde. Segundo esses estudos, ficar horas à frente da TV contribui com o raciocínio lento, notas ruins na escola, péssimo desempenho em atividades físicas e aumento da gordura corporal, que aumenta o risco de ser obeso consideravelmente.

Leia mais sobre: Obesidade infantil como evitar

A televisão pode fazer com que as crianças engordem (Foto: Divulgação)

O mais novo trabalho sobre o tema foi desenvolvido nos Estados Unidos e mostra que crianças que possuem televisores em seus quartos podem ter agravados alguns problemas, como por exemplo, o sobrepeso. Essas informações estarão presentes na edição de janeiro do periódico American Journal of Preventive Medicine.

TV no quarto faz mal as crianças, aponta estudo

A pesquisa sobre a relação da televisão nos quartos de crianças e a obesidade, desenvolvida no Centro de Pesquisas Biomédicas Pennington, nos Estados Unidos, acompanhou 369 crianças e adolescentes de cinco a 18 anos de idade, e levou em consideração o índice de massa corporal (IMC), pressão arterial, circunferência abdominal e níveis de colesterol no sangue.

Saiba mais sobre: Hábitos que previnem obesidade infantil

Os resultados das análises apontaram que, os jovens que tinham TV no quarto ficavam mais tempo sentados em frente ao aparelho do que o restante dos participantes. Além disso, as crianças e adolescentes, em média, tinham maiores níveis de gordura subcutânea (que geralmente se acumula na barriga, pernas e no culote), de gordura visceral (que fica em torno dos órgãos) e maiores medidas de circunferência abdominal do que os jovens que não possuíam o aparelho em seus quartos. Mesmo quem ficava a mesma quantidade de horas do dia em frente a televisão tinha uma piora nos dados analisados se o local em que a TV ficasse fosse o quarto.

Crianças devem assistir menos TV e se exercitarem mais (Foto: Divulgação)

Mais de 2h30 assistindo TV no quarto interfere no aumento de gordura das crianças

A pesquisa concluiu que os jovens que assistiam televisão no quarto durante, ao menos, duas horas e meia por dia foram os participantes que apresentaram os maiores níveis de gordura acumulada. Com isso, o risco desses participantes sofrerem alguma condição cardíaca ou metabólica também foi mais elevado.

Top