Tendências de decoração de interiores para 2012

Tendências de decoração de interiores para 2012

Os principais eventos de decoração já apresentaram novas tendências de design de interiores para o ano de 2012. Alguns sucessos dos anos 70 serão…

Por Isabella Moretti em 14/12/2011

As tendências para 2012 revelam uma decoração bem democrática

Os principais eventos de decoração já apresentaram novas tendências de design de interiores para o ano de 2012. Alguns sucessos dos anos 70 serão retomados, principalmente no que diz respeito ao uso das cores nos ambientes residenciais. A decoração de casas estará mais ousada e expressiva ao longo do próximo ano.

Apesar do lançamento de tendências na área de decoração, as pessoas não precisam seguir à risca. Tudo se apresenta de forma muito democrática e permite a mistura de estilos de maneira bem original. Em todo caso, é fundamental procurar um profissional especializado para explicar as principais tendências e encaixa-las de alguma forma no seu novo projeto para 2012.

Com a chegada do final do ano, algumas pessoas já começaram a investir em reformas para receber 2012 como uma casa totalmente renovada. É válido reconhecer as tendências para decorar com novos móveis, acessórios e até mesmo trocar o revestimento dos cômodos. Para não ser prejudicado, faça o planejamento da decoração com base no orçamento disponível.

A ditadura imposta pela moda não pode ser visualizada quando se trata de decoração, afinal, a aparência da casa depende muito do gosto e do bolso do morador. Confira a seguir algumas ideias que podem ser incorporadas no design de interiores para a chegada de 2012 em grande estilo.

Cômodos decorados segundo as tendências de 2012

Color Blocking

– Color Blocking: o uso de cores berrantes na hora de decorar é uma ideia que tem feito sucesso no Brasil. Através dessa proposta, fica mais fácil trabalhar com tonalidades fortes sem sobrecarregar o ambiente decorado. As combinações precisam ser realizadas com muito cuidado para não comprometer o espaço, afinal, as cores são condutoras de mensagens e sensações.

A ousadia do bloco de cor é capaz de deixar um espaço mais alegre e energizado. Quanto maior o espaço decorado, mais cores em contraste podem sem harmonizadas na decoração. Lembrando que algumas regras não foram quebradas: cores suaves ainda são ideais para lugares de descanso, enquanto as berrantes são perfeitas para os cômodos de convivência.

– Minimalismo: contrapondo a ideia de exagero na decoração, esse estilo foi desenvolvido para deixar os ambientes mais suaves, leves e sofisticados. O segredo está na simplicidade, no uso correto das cores neutras, móveis desenhados com linhas simples e poucos objetos decorativos.

Minimalismo

– Sustentabilidade: todos os itens de decoração considerados biodegradáveis e renováveis estarão em alta.

– Truques para aproveitar espaços: a decoração se revela mais inteligente no que diz respeito ao aproveitamento dos ambientes. Os espelhos e móveis em cores claras passam a contribuir com a sensação de amplitude. Evite o excesso de itens sem utilidades, isso costuma sobrecarregar a decoração.

Procure trabalhar com bom gosto e criatividade na decoração, explorando o que há de mais bonito em cada ambiente sem comprometer a harmonia dos elementos.

Top