Suspeito de roubar fotos de Scarlett Johansson é preso

Christopher Chaney, de 35 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (12), na Flórida, EUA. O hacker foi preso após uma investigação do FBI…

Christopher Chaney, de 35 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (12), na Flórida, EUA. O hacker foi preso após uma investigação do FBI sobre ataques a pessoa públicas, que durou onze meses.  De acordo com site TMZ ele passou algumas horas detido, e então pagou uma fiança no valor de US$ 10 mil – cerca de R$ 18 mil – e foi liberado.

Christopher é acusado de ter hackeado celulares e computadores e divulgados imagens pessoais de estrelas como Scarlett Johansson, Christina Aguilera e Mila Kunis. Se for comprovada a participação de Chaney no episódio, ele irá a julgamento e pode pegar até 121 anos de prisão.

O advogado federal americano Andre Birotte Jr. Comentou o caso. “Embora o caso de Chaney envolva celebridades atacadas por sua fama, ele nos lembra que todos somos vítimas em potencial de hackers. Todos podem tomar medidas simples que ajudam a proteger os sistemas de informática”.

Scarlett Johansson teve algumas fotos nuas divulgadas e contou a rede de TV CNN que se sentiu violada com a publicação das imagens, que foram tiradas por ela mesma com o celular. “É uma adaptação, mas eu acho que há alguns momentos em que você dá muito de si e finalmente você põe os pés no chão e diz ’espere, está voltando ao que era antes’”, explicou em entrevista ao canal.“Só porque você é um ator ou faz filmes, não significa que você não tenha direito a privacidade”

Top