Suspeitas de que há um Planeta como a Terra

O Espaço vem sendo pesquisado e vasculhado pelos seres humanos há um bom tempo, mas tudo é ainda bem recente. Os planetas fora do…

O Espaço vem sendo pesquisado e vasculhado pelos seres humanos há um bom tempo, mas tudo é ainda bem recente. Os planetas fora do sistema solar, por exemplo, foram descobertos há apenas 19 anos. Hoje, além dos mais de 600 confirmados, existem ainda 2000 corpos candidatos à planetas. O problema ou pequeno detalhe é que a maioria não pode abrigar vida, qualquer tipo dela. Quando há vida, normalmente são microrganismos resistentes á outro tipo de ambiente, o qual nós não suportaríamos. Em alguns há a presença de água, o que já pode ser um possível começo. Mas mesmo que mais pra frente haja vida, seres macroscópicos, isso pode levar milhões e milhões de anos.

Mas por que é tão difícil encontrar um planeta como a Terra? Será que somos únicos no universo? E como os cientistas fazem suas pesquisas? Todas essas perguntas são comuns no mundo do universo, local onde não se sabe quase nada, mas já são grandes avanços para o homem. Em uma entrevista à revista Veja, astrônomos afirmaram com convicção que ainda acharão um planeta igual a Terra, talvez não com seres humanos ou animais, mas com condições de vida como aqui.

O primeiro requisito para o planeta ser parecido com a Terra é estar na zona habitável. Nós precisamos da energia solar para sobreviver. Essa então é uma região em volta das estrelas onde a quantidade de energia solar que o planeta recebe permite a existência de água líquida na superfície, essencial à formação de vida. Outro requisito é que assim como a Terra e Marte, o planeta seja rochoso. Um planeta gasoso não pode habitar vida, assim como Júpiter e Saturno.

Leia Também:  Rihana Mostra sua Tatuagem em Show

São inúmeras as características que um planeta precisa ter para que seja, ao menos, parecido com o que vivemos. São detalhes como tamanho, composição, disposição no universo, existência, idade, formato, galáxia e assim por diante. São muitas informações que são minimamente pesquisadas pelos astrônomos. Com tantos requisitos assim, quase todos os planetas descobertos são totalmente descartados da lista de possíveis parentescos com a Terra.

Um planeta com vida seria uma descoberta incrível, fantástica. É tudo o que a ciência mais procura e busca incansavelmente. Como os planetas não tem luz própria, ao contrário de algumas estrelas, por exemplo, a localização e identificação dos mesmos fica ainda mais difícil. Existem diferentes métodos para caçar os exoplanetas – planetas fora do Sistema Solar.

Um outro planeta Terra ainda poderá ser descoberto com o passar do tempo. As pesquisas não param dia após dia. Os EUA são os que mais investem nesse tipo de estudo. Quase todos os astrônomos, astronautas e cientistas da NASA são americanos. É preciso muito, mas muito dinheiro para experiências como essas e o EUA não economiza nenhum pouco. Já pensou na existência de um planeta como o nosso? Se algo acontecer aqui, poderíamos mudar? Migrar para outro planeta como nos filmes? Isso só o futuro irá mostrar.

Top