Sugestões para os Casais que Desejam Abrir o Próprio Negócio

Abrir um negócio próprio é um grande passo para qualquer pessoa: exige planejamento, dedicação, estudo e paciência. Porém, quando esse sonho é acalentado por…

Abrir um negócio próprio é um grande passo para qualquer pessoa: exige planejamento, dedicação, estudo e paciência. Porém, quando esse sonho é acalentado por um casal, o empreendimento exige muito mais atenção, cuidados. A razão disso? É que, muito mais do que o dinheiro e o tempo empregados na missão de fazer o negócio dar certo, ainda há o relacionamento envolvido, uma ligação familiar: portanto nem tudo é sonho. Há mais suor envolvido nisso do que pode pensar. Se uma relação envolve muita maturidade, imagine então quando há outra coisa sendo construída?

Se você e seu companheiro ou companheira estão dispostos a dar esse passo a mais, confira algumas dicas que podem ajudar na empreitada, de acordo com a revista Exame:

Tenham papéis claros: Dividir as tarefas é algo óbvio e é nesse momento que as coisas devem começar a ser pensadas com clareza. É interessante que essas atribuições sejam dadas por afinidade, porém, uma vez dadas elas devem ser respeitadas. Isso evita que haja ordens contrárias dadas a um mesmo funcionário. Claro que as ordens devem ser conversadas e eventualmente mudadas de acordo com uma sugestão nova dada pelo parceiro, porém zele pela clareza.

Organize-se: Como se trata de uma família, ou pelo menos uma família em formação é preciso que o cotidiano seja planejado. É preciso equilíbrio e planejamento para manter as tarefas e as vidas em ordem. Vida pessoal e profissional devem ser mantidas e conciliadas para que ambas possam dar certo. Pode ser complicado, mas isso é necessário.

Cada assunto no seu local: Conciliar não significa misturar. O fato de trabalhar juntos pode fazer com que isso seja mais difícil, mas na medida do possível, deixe os problemas da empresa de lado enquanto estiverem em casa e vice-versa. Tente resolver e discutir o que tiver de ser discutido em seu local de origem, inclusive os desentendimentos de casal. O mesmo vale para as contas: nada de misturar o orçamento de casa e o da empresa.

Leia Também:  Como economizar dinheiro no supermercado

Família e negócios à parte: Calma, não é preciso levar tão a ferro e fogo. A revista indica que, em caso de contratação de familiares é preciso deixar tudo as claras quanto a desempenho e remuneração. Além disso, independente do parentesco é preciso que trata-los como profissionais. Por mais que você conheça quem está empregando, ela deve ser ter tanto profissionalismo quanto o exigido de empregados comuns, portanto saiba dosar família e negócios na medida do possível.

Pense no futuro em todos os sentidos: Preparar os filhos para assumir o comando quando for a hora ou pensar em gestão profissional significa pensar no futuro a longo prazo. O mesmo vale para as temidas separações. Pode parecer uma visão fria, mas a verdade é que há mais do que um relacionamento em jogo. Existe também a sociedade e o futuro de muito investimento em tempo e dinheiro: os negócios têm de ser pensados de forma alheia aos aspectos emocionais ou o objetivo em comum pode ser perdido.

Lembre-se: essa é uma missão complicada, mas também não é impossível. Porém, fazer com que dê certo depende apenas de vocês dois. Lembre-se de que todos os passos para construir um negócio são necessários, portanto cultive o investimento da mesma forma como cultivam o relacionamento.

Top