Como funciona o stock options?

PUBLICIDADE

Você já ouviu falar do termo stock options? Neste conteúdo, vamos te mostrar um pouco mais sobre o que é, como ele funciona, como é aplicado nas empresas e os resultados obtidos pela equipe.

Com o conflito de interesses entre os administradores de empresas e seus acionistas, surgiu a criação de mecanismos que fossem capazes de alinhar todos os interesses dos acionistas com seus respectivos gestores, este foi o chamado stock options; que surgiu como consequência da governança corporativa e seus problemas.

O que é o stock options?

Trata-se de um direito dado aos funcionários de uma determinada empresa, de comprar ações a um preço pré-determinado e por um tempo limitado, para quando ficarem em alta no mercado de ações, conseguir vendê-las. Mas isso se trata de uma OPÇÃO dada pela empresa, nunca o stock options entraria como obrigação a ser feita pelos funcionários.

PUBLICIDADE
O que é o stock options
Fonte/Reprodução: original

Importante ressaltar também que no stock options, o funcionário ganha a concessão de comprar ações; sendo assim nunca as receberá de graça, e terá que contribuir com alguma somatória que será usada pela empresa em alguma coisa, para crescimento qualitativo dos envolvidos.

Para que serve o stock options?

A estratégia de stock options serve para estimular e motivar, os funcionários/executivos de uma determinada empresa a melhorar seu nível de produção e rendimento individual, ajudando cada vez mais sua empresa a crescer, e com isto a valorização das ações da empresa subir cada vez mais.

Então, depois de algum tempo fazendo uso deste benefício, o funcionário/executivo pode tanto se desfazer das ações que comprou a “preço de banana”, quanto vendê-las quando estiverem em alta.

Qual a origem da stock options?

O termo stock options é uma criação americana, e seu nome inteiro é Employee Stock Options Plan, traduzido para o português ficaria algo como “Plano de Opção de Compra de Ações”.

PUBLICIDADE

Essa modalidade teve sua origem nos EUA e na Europa a partir da metade do século XX, posteriormente se tornando uma prática bem difundida entre grandes empresas e multinacionais, e essa tendência de usar stock tem crescido cada vez mais.

Objetivo

O objetivo da empresa aplicar é sempre envolvido com o seu crescimento qualitativo e quantitativo dentro do nicho em que ela pertence, ao vender suas ações a preços baixos para seus funcionários, eles também os motivam a produzir e melhorar o desempenho geral da empresa cada vez mais.

Sendo assim, quando estas ações em si forem vendidas, se a empresa tiver crescido o suficiente, será muito lucrativo para os envolvidos que compraram as ações a um preço X revendê-las a um preço Y.

Quais as vantagens e desvantagens do stock options?

A stock options, permite que seus funcionários comprem ações a um preço menor do que seriam originalmente vendidas no mercado direto de ações, e é considerado uma grande vantagem. Portanto, do ponto de vista financeiro, essa ação funciona como investimentos.

Quais as vantagens e desvantagens do stock options
Fonte/Reprodução: original

Já para a empresa, o stock options só se torna vantajoso de se usar, quando o empreendedor estiver confiante na performance a longo prazo de sua empresa, e esteja com suas metas e planos todos alinhados o máximo possível com suas metas, e estejam certos de que sua iniciativa os ajudará mais ainda a alcançar o sucesso!

PUBLICIDADE

Por que usar a stock?

A stock options se torna algo viável para empresas de grande porte como multinacionais, pois, o capital investido necessário para fazer essa técnica, é grande, mas o retorno com certeza quando ocorrer será muito maior.

É como imaginar um copo de água que a cada dia vai gotejando um pouco mais de água nele, até a hora em que ele enche e você bebe ele todo de uma vez.

Como funciona o stock options?

O stock options funciona de uma maneira que para a empresa fazer uso dele, este instituto deve estar previsto no estatuto da empresa, com seu plano de ações previamente aprovado pela Assembleia Geral da Companhia.

A partir daí, o funcionamento dele passa pelas etapas de definição do valor das ações que serão vendidas, o prazo dado aos funcionários para exercer a oportunidade, e também o prazo de carência no qual o balanço da empresa ficará afetado até que se obtenham retornos do stock.

Com este conteúdo em mente, fica bem mais fácil analisar como empreendedor e gestor o que se trata o stock, e decidir se quer adotar esta medida como um de seus projetos para tornar sua empresa maior, e bem sucedida!

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.