Steve Jobs renuncia à presidência da Apple

Para quem se liga em tecnologia, a data é no mínimo marcante: Steve Jobs, fundador e presidente da Apple, anunciou nesta quarta-feira que está…

Para quem se liga em tecnologia, a data é no mínimo marcante: Steve Jobs, fundador e presidente da Apple, anunciou nesta quarta-feira que está deixando o comando da empresa. Sua saída foi anunciada por carta assinada pelo próprio Jobs e não faz menção a uma razão específica para deixar o cargo que ocupa desde 1997, porém especialistas já esperavam por sua saída em virtudes de sua saúde.

O empresário, de 56 anos, estava de licença médica desde 17 de janeiro de 2011: de acordo com a Folha Online, a terceira nos últimos sete anos. Steve Jobs luta contra uma forma rara câncer do pâncreas descoberta em 2004, quando se submeteu a uma cirurgia para retirada de um tumor maligno.

Quem assume definitivamente a presidência da Apple é o vice-presidente operacional da empresa, Tim Cook, que já ocupava o comando durante os períodos de licenças de Jobs. Porém, apesar de sua saída, Steve Jobs declarou que pretende continuar como empregado, diretor e presidente do conselho da Apple.

As expectativas:

Agora resta a preocupação com o futuro da Apple, que atualmente é a maior empresa de tecnologia do mundo. Essa expectativa se deve ao fato de Steve Jobs ter tido papel fundamental no crescimento da Apple até este patamar. Jobs ajudou a fundar a Apple em 1976, mas afastou-se da companhia em 1985. Voltou ao comando em 1997 quando a empresa estava à beira da falência e desde então é considerado uma força criativa e também o salvador, já que atualmente trata-se da maior companhia de capital aberto do mundo.

Sob o seu comando veio o investimento além dos computadores pessoais: além da reformulação da linha Macintosh, houve a entrada no mercado da música ao consolidar o MP3 e outros formatos digitais de áudio com o iPod, e mais recentemente na criação de produtos que promoveram mudanças significativas na comunicação e no modo de lidar com a informação: o iPhone e o iPad: sucessos comerciais indiscutíveis.

Leia Também:  Reveillon 2010 Brasília

Veja agora a íntegra do comunicado de Steve Jobs com o anúncio de sua saída:

Íntegra do comunicado:

“Ao Conselho de Administração a à comunidade da Apple

Eu sempre afirmei que se chegasse o dia em que eu não fosse mais capaz de cumprir minhas obrigações e expectativas como CEO da Apple, eu seria o primeiro a informá-los disso. Infelizmente, este dia chegou.

Neste momento eu abdico do cargo de CEO da Apple. Eu gostaria de servir, se o conselho assim achar compatível, como presidente do conselho, diretor e empregado da Apple.

Em relação ao meu sucessor, eu recomendo fortemente que nós executemos nosso plano de sucessão e que Tim Cook seja nomeado CEO da Apple.

Acredito que os dias mais inovadores e brilhantes da Apple estão adiante. E espero assistir e contribuir para este sucesso em uma nova função.

Fiz alguns dos melhores amigos da minha vida na Apple, e agradeço a todos vocês pelos muitos anos conseguindo trabalhar ao seu lado.

Steve”

Top