Sony diz ter ficado chocada com segundo analógico do 3DS

A Nintendo anunciou, na semana passada, o periférico Circle Pad, que na verdade é mais um direcional encaixado […]

A Nintendo anunciou, na semana passada, o periférico Circle Pad, que na verdade é mais um direcional encaixado no portátil 3DS. Como não foi pensado no desenho inicial do videogame, a empresa foi obrigada a tomar tal atitude. Já a Sony, respeitando pedidos dos usuários, pensaram no Vita com dois direcionais, sem a necessidade de um equipamento adicional. Shuhei Yoshida, executivo da Sony, disse ao Gameinformer, estar “chocado” com as últimas atitudes da rival japonesa.

“É claro que não acreditaram que um segundo analógico era necessário quando desenharam a 3DS, portanto apenas posso acreditar que foi pedido pela Capcom. Talvez um produtor da Capcom tenha dito à Nintendo que para jogar Monster Hunter são precisos dois analógicos. Não sei, apenas posso adivinhar. Foi um pouco chocante ver o que arranjaram”, disse Yoshida em entrevista ao site.

O executivo da Nintendo também comentou sobre a recente baixa de preço do 3DS. Para ele, a Nintendo não fez isso pensando na chegada do Vita, já que a Nintendo possui um meta de venda desde o início.

“Não acredito pessoalmente que baixaram o preço do 3DS em resposta ao nosso. Não colocamos o preço do PS Vita por causa do deles. Tínhamos um plano desde o último. A minha opinião é que eles têm os seus planos e objetivos para vender um certo número de unidades e descobriram, após o lançamento, que o preço não os estava ajudando”.

Top