SMS falsos – como identificar

“Promoção Rede Globo Magazine Luiza e Faustão: Parabéns, sua linha móvel foi contemplada com uma casa no valor de R$ 85 mil. Ligue do…

Por Élida Santos em 06/01/2012

Desconfie de SMS informando premiações de sorteios que não participou (Foto: Divulgação)

“Promoção Rede Globo Magazine Luiza e Faustão: Parabéns, sua linha móvel foi contemplada com uma casa no valor de R$ 85 mil. Ligue do seu telefone para o número que te enviou esse torpedo e saiba como receber o prêmio”. Quem nunca recebeu uma mensagem de texto do gênero? Ser “contemplado” mesmo quando não se participa de promoção alguma é comum para a maioria dos brasileiros. Essas mensagens falsas são enviadas por quadrilhas de estelionatários, com o intuito de enganar a população, que por muitas vezes faz o pagamento de um valor para receber a premiação inexistente.

Para não cair nas informações falsas que são encaminhadas por torpedo todos os dias é preciso ficar atento. Alguns torpedos parecem ser verdadeiros, porém, com um olhar atento é possível identificar deslizes das pessoas que redigiram o texto. Em primeiro lugar, tenha na sua mente que é impossível alguém ganhar qualquer promoção que seja se não se inscreveu em nada do gênero. É obvio que tem algo de errado quando você ganha algo sem procedente, e ainda, recebe uma mensagem no celular muito suspeita para informar da premiação.

Entre em contato com as empresas mencionadas no torpedo (Foto: Divulgação)

Se mesmo assim restar dúvidas se o conteúdo da mensagem é verdadeiro veja o número que originou o SMS. Se for o número de um celular comum não tente retornar a ligação. Entre em contato diretamente com a empresa mencionada na mensagem e questione se o conteúdo recebido procede. Mas saiba que 99,9% das mensagens enviadas por empresas não possuem um número convencional para encaminhar torpedos. Veja as próprias empresas de telefonia móvel, cada uma possui um número especifico, como por exemplo, a Vivo, que manda as mensagens de saldo do  7000.

Desconfie das promessas de prêmios que vierem acompanhadas de solicitações de pagamentos. Muitas vezes o que os golpistas pedem são códigos de recarga para celular. Isso porque alguns golpes são aplicados de dentro das cadeias, e eles precisam abastecer o celular para realizar mais ligações. Se o pedido for um depósito em dinheiro, pior ainda. Quando se ganha um prêmio não é necessário pagar nada em troca.

Cuidado ao preencher cadastros (Foto: DIvulgação)

Como os golpistas conseguem o número do celular?

A pergunta que não quer calar é como essas pessoas de má fé conseguem os números de celulares para aplicar golpes. É bem simples. Sabe aquele cadastro que você preenche via internet, de empresas que estão provendo sorteio de prêmios, cursos online, ou inscrição para qualquer outra coisa que seja? São esses cadastros que muitas vezes oferecem aos golpistas dados suficiente para aplicar um golpe.

Cuidado ao preencher fichas, tanto em atendimentos pessoais, como por meio da internet, evite colocar informações desnecessário, como por exemplo, o número do documento e do  celular. Sempre que possível não coloque o seu telefone de contato, deixe somente o e-mail, e mesmo assim, tome cuidado com as mensagens que você recebe por meio do seu endereço eletrônico. Mas se a empresa for de credibilidade, e for muito necessário, informe os dados solicitados.

Top