Site da folha para informações anônimas

Um dos principais e respeitados sites jornalísticos do país, Folha.com, lança um programa que vai ajudar e muito a população a ser atendida em…

Um dos principais e respeitados sites jornalísticos do país, Folha.com, lança um programa que vai ajudar e muito a população a ser atendida em seus anseios: é o Folhaleaks, um meio em que o leitor pode enviar sugestões, textos, vídeos e gravações que ele acha que deve passar por uma rigorosa investigação da equipe de reportagem.

Quem tem aquela informação importante e tem medo de denunciar ou simplesmente não quer dar o seu nome á imprensa por quaisquer outros motivos, pode postá-la no site www.folha.com/folhaleaks  sem revelar o nome. Não há a necessidade de se identificar para enviar tais dados. O anonimato é perfeitamente garantido pela Constituição Federal.

Assim que os dados forem enviados ao site da Folha, eles serão checados pelos jornalistas e nesse momento, os informantes poderão ser contatados, mas essa é uma condição que a fonte deve deixar clara assim que postar vídeos, áudios e textos: se quer ou não falar com os repórteres no momento da apuração. Mais uma vez é importante dizer que se a fonte quiser, ela não terá seus dados pessoais divulgados.

De acordo com o Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros, é dever desse profissional não colocar em risco a integridade das fontes, portanto, elas não autorizando, os repórteres vão respeitar a posição delas. Mesmo mantendo o sigilo nada impedirá de surgir uma grande notícia a partir de dados recebidos pelo site da Folha.

É muito simples enviar as informações. Assim que o informante entra na página www.folha.com/folhaleaks se depara com a pergunta “Gostaria de manter o anonimato?” e por aí vai. O formulário é muito pequeno e quem não quer ter seu nome publicado nem ser procurado pela equipe de jornalistas, só precisa enviar o arquivo. Podem ser mandados seis tipos: PDF, texto, DOC, vídeo, foto e áudio. O tamanho de todos os anexos não pode passar de 3mb, portanto, muita atenção nesse detalhe.

Leia Também:  Fedex Rastreamento - Rastrear Encomendas

Mas como saber se aquele dado foi recebido pela redação? A Folha confirmará o recebimento dele através de um número de identificação das sugestões de reportagem. Porém, a população deve ter em mente que o jornal não tem a obrigação de fazer daquela informação uma notícia e nem de informar o andamento da indicação de reportagem.

O Folhaleaks foi criado no dia 18 de setembro e em seis dias recebeu 700 mensagens de diversos leitores dos mais variados estados, de acordo com informações do site do jornal. Os assuntos mais tocados foram nepotismo, irregularidades em concursos públicos, fraudes em licitações, corrupção em administrações municipais, estaduais e federais, contratações de empresas de políticos, práticas irregulares de empresas privadas e muitos outros.

Hoje em dia, a internet com a sua principal marca de interação, garante a todos a prática da cidadania. Com esse serviço da Folha, por exemplo, os problemas vistos pela população chegam mais rápido aos meios de comunicação, portanto, muitos fatos que antes não eram captados por jornalistas, agora são detectados e explorados  pela ajuda de todos os leitores.

Top