Sisu 2013: inscrições

Nessa quinta-feira, 27 de dezembro, o Ministério da Educação (MEC) lançou o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que para 2013 ofertará 129.279 oportunidades no…

Por Élida Santos em 27/12/2012

Nessa quinta-feira, 27 de dezembro, o Ministério da Educação (MEC) lançou o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que para 2013 ofertará 129.279 oportunidades no ensino superior em 3.751 cursos de 101 instituições educacionais pelo país. Os interessados já podem consultar as oportunidades disponibilizadas, mas não tem a possibilidade, por enquanto, de se inscrever. Através do site sisu.mec.gov.br  o candidato pode pesquisar as vagas oferecidas pelas instituições. As inscrições começarão no dia 7 de janeiro.

Leia mais sobre: SISU 2012-2013 inscrições segundo semestre

 

Podem participar do Sisu quem fez o Enem 2012 e não zerou na redação (Foto: Divulgação)

Quem poderá se inscrever no Sisu?

Podem se inscrever no Sisu referente à primeira edição de 2013 os estudantes que tenham participado da edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) desse ano e que, tenham obtido nota acima de zero na prova de redação, conforme disposto na Portaria MEC nº 391, de 7 de fevereiro de 2002. Os estudantes com as melhores médias serão contemplados com a vaga no ensino superior por meio do Sisu. As notas individuais do Enem 2012 serão divulgadas no próximo dia 28 de dezembro.

 

Escolha duas opções de cursos no Sisu

Cada inscrito no Sisu poderá se inscrever em até duas opções de cursos por meio do Sistema de Seleção Unificada. Ao se candidatar a vaga na universidade através do processo seletivo do Sisu, o estudante deverá especificar em ordem de preferência, as suas opções de curso, instituição, local de oferta, turno, de acordo com a ordem indicada no sistema.

Saiba mais sobre: Regras do SISU atualizadas 2013

 

O Sisu 2013 abrirá inscrições no dia 7 de janeiro (Foto: Divulgação)

Sisu: vagas reservadas para cotas

No ato da inscrição é preciso mencionar se quer concorrer as bolsas por meio de cotas. Pela lei de reservas de vagas, as instituições federais de ensino superior devem disponibilizar pelo menos 12,5% das oportunidades de cada curso e turno para estudantes que fizeram todo o ensino médio em escolas públicas. Deste montante, metade das vagas tem como público-alvo estudantes com renda familiar de até 1,5 salário mínimo. E ainda há um percentual para estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. Todas as regras para se incluir no regime de cotas estão disponíveis no site sisu.mec.gov.br.

Top