Siso: quando remover

Quando o dente do siso começa a aparecer, ele atrapalha a arcada dentária por ter uma dimensão incompatível com o resto dos dentes. Para…

Quando o dente do siso começa a aparecer, ele atrapalha a arcada dentária por ter uma dimensão incompatível com o resto dos dentes. Para evitar tal conflito, muitos dentistas optam pela extração do dente. Essa remoção previne inclusive infecções graves e avarias que acarretam perda óssea.

Quando remover o dente do siso

O dente do siso só precisará ser removido quando sua altura é incompatível com os demais dentes. (Foto Divulgação)

Em alguns casos, o dente nasce de maneira compatível e a remoção não é necessária. Todavia, a maior parte das pessoas tem problemas, sobretudo se a parte do siso fica encoberta pela gengiva, que pode acarretar uma grave infecção e levar à morte. Sendo assim, a remoção do siso é recomendada, sobretudo para prevenir estas e outras complicações.

Leia mais: Cuidados para evitar dentes amarelos

Recomenda-se que o siso seja removido até a formação de um terço da raiz, isto é, geralmente antes da maioridade. Quanto mais tarde deixar para remover o dente, mais dolorido é o processo e a recuperação.

A remoção do siso é recomendada para prevenir complicações.(Foto Divulgação)

Conforme a posição do siso e a quantidade de osso envolvida, é plausível remover até 4 dentes de uma só vez. No entanto, para não ter complicações para mastigar, comumente são extraídos 2 do mesmo lado a cada cirurgia.

Recomendações

Veja também: Cuidados após extração de dente siso: quais são

A cirurgia dura em média de 40 a 50 minutos. Após a extração do siso, é comum aparecer um inchaço que dura de 3 a 4 dias. Nesse intervalo, é importante tomar sorvete para reduzir o inchaço, comer alimentos pastosos em macios e evitar tomar líquidos quentes pelo menos nas primeiras 24 horas.

Escovar os dentes adequadamente ajuda a ter uma recuperação mais rápida. (Foto Divulgação)

Especialistas não indicam fazer força, atividades físicas e abaixar a cabeça para pegar utensílios no chão, pois estas atividades podem levar o sangue para a cabeça e atrapalhar na coagulação. Repousar com a cabeça mais alta que o corpo e escovar os dentes de forma adequada para evitar infecções, por exemplo, também pode colaborar para uma rápida recuperação.

Continuar Lendo  Vacinação Contra a Gripe A(H1N1) – Quem Receberá Vacina Contra Gripe Suína

Confira ainda: Sensibilidade nos dentes, causas e cuidados

A remoção do siso só é recomendada somente quando a posição do dente estiver incompatível com os demais ou em casos particulares que necessitam a extração. Em muitos casos, quando não tratado de forma adequada, o problema pode levar a danos graves, custando muitas vezes a vida do paciente.

Top