Sintomas de hérnia do hiato

Sintomas de hérnia do hiato

A hérnia de hiato é uma doença que provoca uma série de sintomas muito incômodos, relacionados a um funcionamento gástrico prejudicado. Diferente da hérnia…

Por Editorial MDT em 12/10/2013

A hérnia de hiato é uma doença que provoca uma série de sintomas muito incômodos, relacionados a um funcionamento gástrico prejudicado. Diferente da hérnia umbilical e da inguinal, que são mais comuns e envolvem a exteriorização das vísceras através dos músculos da parede abdominal, esse tipo de hérnia ocorre no diafragma, o músculo responsável por separar o tórax e o abdome. Fique por dentro do assunto e conheça os principais sintomas da hérnia de hiato.

A hérnia de hiato é um problema mais comum em pessoas com mais de 50 anos. (Foto: divulgação)

O que é hérnia de hiato

A hérnia de hiato é o problema em que parte do estômago é projetado, através do músculo diafragma, para dentro do tórax. O diafragma é a estrutura responsável por separar a cavidade torácica da abdominal, e é o músculo mais importante da respiração.

O problema pode ser causado por vários fatores, mas o principal é o enfraquecimento do tecido conjuntivo que apoia as estruturas envolvidas. Outras causas comuns para esse tipo de problema é o envelhecimento, obesidade e tabagismo. No caso de hérnia de hiato em crianças, a má formação congênita é a causa mais comuns e geralmente está associada ao refluxo gastresofágico.

Diagnóstico

A suspeita do problema se dá pelo quadro clínico do paciente, que costuma se queixar de queimação retroesternal, mau hálito, azia, dor no peito e dificuldade de digestão, resultantes do refluxo de conteúdo ácido do estômago para o esôfago. De modo geral o quadro clínico piora quando a pessoa se curva para frente ou se deita.

Para confirmar o diagnóstico é possível fazer uso de alguns exames de imagem, como a radiografia com ingestão de bário e a esofagogastroduodenoscopia (EGD).

Na hérnia de hiato uma parte do estômago passa pelo diafragma e atinge o tórax. (Foto: divulgação)

Tratamento para o problema

O tratamento para hérnia de hiato visa aliviar os sintomas dispépticos e prevenir eventuais complicações. A redução do refluxo de conteúdo estomacal para o esôfago é a única maneira de acabar com os sintomas de queimação de uma vez por todas. Para auxiliar nessa tarefa podem ser usados medicamentos antiácidos, que aumentam o pH estomacal, diminuindo a agressão sobre a mucosa esofágica. Também está indicado o uso de fármacos capazes de fortalecer o esfíncter esofágico inferior, que é um músculo que funciona como uma presilha, impedindo o refluxo gástrico.

Outras medidas eficientes e fáceis de ser adotadas são:

  • Não ingerir líquidos antes de ir para cama;
  • Evitar comer em grande quantidade;
  • Dar preferência para alimentos leves e de fácil digestão;
  • Não se deitar logo após se alimentar;
  • Perder peso;
  • Parar de fumar.

Caso o problema persista mesmo com todos os devidos cuidados sendo tomados, ainda é possível recorrer ao tratamento cirúrgico, que conta com bons resultados e uma melhora imediata dos sintomas.

Medidas simples, como evitar se deitar depois das refeições, ajuda a diminuir os sintomas. (Foto: divulgação)

A hérnia de hiato é um problema bastante comum em pessoas com mais de 50 anos, e é um tipo de hérnia em que parte do estômago passa pelo músculo diafragma e atinge a cavidade torácica. Geralmente medidas comportamentais são capazes de solucionar o problema, mas em último caso ainda é possível recorrer ao tratamento cirúrgico.

Top