Sintomas da Sinusite

Tornou-se comum a ocorrência de muitas doenças relacionadas a dificuldades respiratórias, bem como aquelas que se dão em razão da má alimentação e falta…

Tornou-se comum a ocorrência de muitas doenças relacionadas a dificuldades respiratórias, bem como aquelas que se dão em razão da má alimentação e falta de exercícios físicos ou práticas esportivas. Devido tal sedentarismo de algumas pessoas, vê-se também comumente que algumas doenças já existentes se agravam, assim é o caso dos sintomas da sinusite, que com um condicionamento mais adequado pode ser ao menos amenizada, assim como demais gravames de saúde.

Sinusite é uma doença com base infecciosa ou inflamatória que agride as cavidades existentes ao redor do nariz, as quais devem se comunicar com as fossas nasais sem nenhum impedimento, e, além disso, são cavidades revestidas por uma mucosa que necessita de ventilação para a manutenção da normalidade na região.

A doença é desenvolvida após uma infecção viral, causada por poluentes, e a inflamação é de origem alérgica, geralmente acionada por grandes quantidades de pó, produtos químicos fortes ou com cheiros acentuados, dentre outras causas. Ao ser “acionada” determinada doença a mucosa da região nasal aumenta de volume e entope a comunicação destas cavidades com as fossas nasais.  Esta obstrução, no geral acarreta o início da colonização por fungos e por germes que estão presentes na região, e aqueles que não possuem a sinusite, estes agressores não encontravam condições favoráveis ao seu crescimento.

Os sintomas da doença são sensações de “peso na face”, corrimento nasal, dores de cabeça, sensação de mau cheiro oriunda do nariz ou da boca e obstrução nasal com vários espirros. E os diagnósticos médicos são realizados através do histórico do paciente, exames físicos da região nasal e por exames radiológicos eventualmente necessários.

O tratamento para sinusite é realizado com analgésicos, medicamentos para amenizar a permeabilidade nasal e antibióticos específicos para matar os germes que ali estão e os que forem encontrados na região. E, também podem ser tratada com medicamentos antifúngicos e específicos para as infecções fúngicas sinusais. Entretanto, o único jeito, realmente eficaz de se prevenir da doença é cuidando da saúde para se evitar as infecções virais e a manutenção da permeabilidade nasal durante essas viroses.

Continuar Lendo  Tratamento Para Sinusite Caseiro

É importante também que o paciente tenha o conhecimento sobre eventuais desvios septais obstrutivos e/ou cornetos nasais obstrutivos, que podem tanto agravar como acarretar a doença, sendo que em alguns casos correções cirúrgicas resolvem o problema. Para quem vive em regiões que possuem uma mudança climática frequente, o cuidado deve ser redobrado, isso porque as chances de desenvolver uma sinusite são maiores.

A sinusite pode ser encontrada de duas maneiras, sendo a sinusite crônica, a qual varia muito sua intensidade, e também tem como característica, geralmente a ausência de dor nos seios da face e a febre. A tosse costuma ser o sintoma preponderante, sendo que geralmente começa a noite e aumenta de intensidade quando a pessoa se deita, isso faz com que a secreção escorra pela parte posterior das fossas nasais e irritam as vias aéreas. Algumas pessoas podem ter também acessos de tosse freqüentes pela manhã, ao levantar, e diminuem, chegando a desaparecer, no decorrer do dia.

Já os sintomas da sinusite aguda costuma ocorrer com dores de cabeça, bem como na área do seio da face, em alguns casos esses sintomas podem ser bem fortes, virem em pontadas e pulsações ou sensações de pressão ou peso na cabeça. Na maioria dos casos, surge obstrução nasal, mais conhecida como “nariz entupido”, a presença de secreção esverdeada ou amarelada é bastante comum, sanguinolenta, que dificulta a respiração. Também podem ocorrer febre, cansaço, coriza, tosse, dores musculares e perdas de apetites.

 

Top