Síndrome de Savant: o que é, sintomas

A síndrome de Savant é um dos grandes mistérios da ciência, que intriga os pesquisadores e dá margem para que diversos mitos a respeito…

A síndrome de Savant é um dos grandes mistérios da ciência, que intriga os pesquisadores e dá margem para que diversos mitos a respeito do assunto sejam criados. Ela constitui uma condição bastante rara, em um indivíduo portador de uma desordem mental apresenta um talento brilhante, que contrasta com suas limitações. Acabe com a curiosidade e saiba o que é a Síndrome de Savant e quais os sintomas.

Apesar de serem gênios, os portadores de Savant possuem dificuldade de comunicação. (Foto: divulgação)

O que é a Síndrome de Savant

Essa síndrome é mais comum em homens e pode ser congênita ou adquirida, o que acaba intrigando ainda mais os pesquisadores do assunto, que tentar entender o processo capaz de desencadear essa condição. Aproximadamente 10% dos portadores de autismo são portadores de Savant, enquanto que em outras formas de desordens, como retardamento, lesão cerebral ou transtornos mentais, essa síndrome ocorre em menos de 1% dos pacientes.

Na maioria dos casos o QI (quociente intelectual) do portador de Savant fica na faixa entre 40 e 70 pontos, sendo considerado baixo, e o talento que o indivíduo apresenta é geralmente unifocal. Isso significa que a capacidade excepcional prende-se a uma habilidade bastante específica, onde apresenta um desempenho superior ao de pessoas com QI médio (por volta de 100 pontos), e frequentemente melhor até mesmo do que indivíduos superdotados.

Por que ocorre

Mesmo apresentando um desempenho excepcional para determinadas coisas, os portadores da Síndrome de Savantmal conseguem se comunicar e não são capazes de se relacionar normalmente com as pessoas. Os cientistas acreditam que a síndrome esteja relacionada a algum tipo de dano no hemisfério cerebral esquerdo, que forçaria o hemisfério direito a se desenvolver na tentativa de compensar a falha.

Kim Peek tem uma excelente memória. (Foto: divulgação)

Como o hemisfério direito está relacionado com habilidades como música, pintura, desenho e cálculo, o portador de Savant acaba tendo o desempenho melhorado nessas atividades, enquanto que as áreas de fala e linguagem, ligadas ao hemisfério esquerdo, ficam comprometidas.

Leia Também:  Dicas de surpresas românticas

Casos incríveis de Savant

Confira alguns casos incríveis de portadores de Síndrome de Savant e suas habilidades:

  • Kim Peek: Memorizou mais de 12 mil livros, além de ser capaz de descrever  números de rodovias que vão para qualquer local dos Estados Unidos, códigos de DDD e CEPs e estações de TV. Peek é mentalmente incapacitado, sento totalmente dependente de seu pai para exercer suas necessidades básicas. Ele serviu de inspiração para o filme Rain Main, de 1988 ;
  • Leslie Lemke: Tocou com perfeição o Concerto nº 1 para piano, de Tchaikovsky, quando tinha apenas 14 anos e após ter ouvido a melodia por uma única vez. O detalhe é que Lemke jamais havia feito aula de piano, é cego, mentalmente incapacitado e é portador de paralisia cerebral;
  • Richar Wawro: Mundialmente conhecido por seu impressionante trabalho artístico, é um artista plástico autista, elogiado por especialistas em pintura desde a infância;
  • Alonzo Clemons: É capaz de fazer réplicas de cera de qualquer animal, mesmo que o tenha visto por um breve momento. Vende estátuas de bronze em uma galeria, em Aspen.

Alonzo Clemons tem habilidades excepcionais como escultor. (Foto: divulgação)

A Síndrome de Savant é um mistério que intriga pesquisadores em todo mundo. Apesar de haver algumas hipóteses, ainda não se sabe exatamente qual o problema capaz de desencadear um funcionamento anormal do cérebro, responsável por diminuir as habilidades de escrita e linguagem, enquanto faz de seus portadores verdadeiros gênios em outras áreas.

Top