Significado do Natal

Significado do Natal

O presépio representa simbolicamente o local de nascimento de Jesus Comemorado atualmente no dia 25 de dezembro (nem sempre foi nesta data), o Natal…

Por Andre em 20/12/2011


Significado do Natal
O presépio representa simbolicamente o local de nascimento de Jesus

Comemorado atualmente no dia 25 de dezembro (nem sempre foi nesta data), o Natal tem vários significados, que mudam conforme a época, a religião, a localização e a forma de olhar o mundo. De uma maneira geral e seguindo uma ótica mais tradicional, o Natal comemora o nascimento de Jesus Cristo (a palavra Natal vem de natalidade, que significa nascimento), apesar de muitos afirmarem que Jesus não teria nascido nesta data.

Significado do Natal

No dia 25 de dezembro, em tempos antigos, era comemorado, em Roma, o “dia do nascimento do Deus Sol”, data em que o sol se encontrava mais fraco e, segundo a interpretação dos povos daquela época, ele estava pronto para trazer coisas boas e novas para a Terra. Na verdade, tratava-se de uma comemoração do início do inverno no hemisfério norte.

A escolha desta data se deve a uma tentativa da Igreja Romana em padronizar uma única data para a comemoração do Natal, já que a celebração acontecia em dias diferentes, conforme os costumes locais.

Apesar de ter se originado a partir de festas pagãs, o Natal foi adotado pelos cristãos como uma época de intenso significado espiritual e de renovação da fé. Mas com o passar do tempo, ganhou também ares comerciais, com as empresas investindo pesado para lucrar, se aproveitando da tradicional troca de presentes que é tão comum nesta época.

A decoração de Natal

Desde a antiguidade, as pessoas decoram as ruas e as casas para criar um clima especial de comemoração do Natal, simbolizando paz, alegria e esperança. Os dois principais elementos de decoração natalinos são o presépio e a árvore de Natal.

O presépio, cuja tradição de ser montado pode ter surgido no século XIII, através de São Francisco de Assis, reproduz o cenário do local de nascimento de Jesus, ou seja, uma manjedoura com o menino Jesus ao centro, contando com a presença de vários personagens que presenciaram aquele momento (Maria, José e os reis Magos, entre outros).

Já a árvore de Natal teria se originado no século XVI, para representar os pinheiros cobertos de neve, tão comuns em algumas regiões da Europa durante o inverno. Credita-se a Martinho Lutero o início da tradição de montar as árvores de Natal, que hoje ganharam versões bastante modernas, encontradas praticamente em qualquer lugar durante o mês de dezembro.

A árvore de Natal representa os pinheiros cobertos de neve comuns na Europa durante o inverno

O Papai Noel

A figura do Papai Noel, que encanta principalmente às crianças, teria sido inspirada no bispo Nicolau, nascido na Turquia, que costumava ajudar às pessoas mais necessitadas, deixando saquinhos com moedas nas proximidades das chaminés de algumas casas. Ao longo do tempo foram criadas várias histórias em torno do bom velhinho, que ganhou as suas características mais modernas na década de 1930.

Uma campanha publicitária da Coca-Cola acabou difundindo a imagem do Papai Noel em todo o mundo, até ele chegar aos padrões que conhecemos atualmente.

Estas são algumas das histórias sobre as origens e o significado do Natal, mas cada um tem a sua versão. E para você, qual o significado do Natal?

O Papai Noel teve origem em um bispo que ajudava as pessoas necessitadas

Top