Sexo no primeiro encontro: sim ou não

Você conheceu um cara e marca um encontro. O jantar foi muito bom, o papo muito agradável e na hora de voltar para a…

Você conheceu um cara e marca um encontro. O jantar foi muito bom, o papo muito agradável e na hora de voltar para a casa, os beijos ficam mais intensos e o clima começa a esquentar. É nessa hora que surge a dúvida, fazer sexo no primeiro encontro: sim ou não? Saiba mais sobre esse assunto.

O sexo no primeiro encontro é uma escolha consciente. (Foto: divulgação)

Sexo no primeiro encontro

O assunto é muito polêmico e divide a opinião dos homens e mulheres. A resposta para alguns homens, é que se deve fazer o que sentir vontade no momento. Segundo eles, o sexo no primeiro encontro não irá determinar se namoraria ou não com a garota. Existem atitudes essenciais, que quando notadas no primeiro encontro, poderia levá-los a pensar em algo mais sério.

Segundo o especialista em psicoterapia sexual, Oswaldo Rodrigues (membro do Instituto Paulista de Sexualidade), a cultura brasileira valoriza os aspectos comportamentais considerados machistas. Se para os homens, isso não é um problema, para as mulheres é algo mais delicado. Pois se elas são mais favoráveis ou abertas ao sexo no primeiro encontro, podem não ser vistas com bons olhos. O psicoterapeuta explica que apesar de haver mudanças comportamentais em vários segmentos da sociedade, alguns padrões considerados na época dos nossos avós ainda são considerados, embora tenhamos discursos diferentes.

Dizer 'sim 'ou 'não' para o sexo no primeiro encontro deve ser uma escolha consciente. (Foto: divulgação)

Veja também dicas para se sair bem no primeiro encontro 

Sim ou não para o sexo no primeiro encontro

1. A escolha deve ser consciente: as opiniões de especialistas são controversas, por isso a escolha deve ser consciente. Alguns dizem que antes da primeira relação sexual é preciso criar uma intimidade entre os parceiros. Outros dizem que não há problemas, pois é possível conhecer se o lado sexual pode dar certo. O mais importante disso tudo é saber respeitar seus desejos e sentimentos.

Leia Também:  Modelos, looks e tendências para maiô 2016

2.  Preconceito: alguns especialistas afirmam que por mais liberais que sejam os novos conceitos, a sociedade ainda é muito preconceituosa quanto ao sexo no primeiro encontro. Tanto os homens quanto as mulheres possuem valores, passados de geração em geração, que classificam o sexo como algo frustrante e vazio. Por isso, é necessário refletir sobre o assunto e fazer uma escolha consciente.

3. Estar a vontade com os sentimentos: se a sua decisão for ‘sim’ ou ‘não’ para o sexo no primeiro encontro, é preciso estar a vontade com seus sentimentos e, principalmente, segura de que isso lhe fará bem.

É preciso tomar a decisão certa para não se arrepender depois. (Foto: divulgação)

Veja também dicas para o primeiro encontro, como se comportar 

Fazer sexo no primeiro encontro é algo que deve ser decidido, conscientemente, pelo casal. É preciso refletir sobre os benefícios e malefícios que essa atitude pode gerar na nossa vida. Se for algo positivo e agradável, não tem porque dizer ‘não’. Portanto, avalie os prós e contras dessa atitude.

Top