Seu emprego pode estar correndo risco, conheça alguns sinais para evitar

Se antes, você era convocado para participar de reuniões e conversas sobre os objetivos da empresa e de repente, você já não é mais lembrado nestes momentos… Você pode está com o seu emprego em risco […]

Por Redacao em 01/10/2011



Para muitos, conquistar uma vaga de emprego não é tarefa fácil e com todo o crescimento da economia do Brasil, jamais será. Por isso, especialistas alertam que a concorrência acirrada e as capacitações mais acessíveis às pessoas as oportunidades estão sendo colocadas no mercado de forma bastante seletiva.

Sendo assim, é importante que o trabalhador tenha a consciência de que é preciso tentar manter-se no emprego atual. Isto é essencial não apenas por estar empregado, mas também por representar a possibilidade dele permanecer por mais tempo na empresa e quem sabe receber propostas de crescimento dentro da organização.

Mas todo trabalhador passa pelo risco de ser demitido. As organizações atuam com base na produção, metas, objetivos e sempre que precisam, acabam substituindo algum funcionário por alguém que possua um perfil mais qualificado. Além disso, outros motivos também podem provocar a rescisão de contrato de um colaborador. Portanto, é importante ficar atento a alguns sinais onde se pode identificar a intenção da empresa em mudar o quadro de funcionários. Tome nota:

– Um dos sinais mais comuns de que você pode ser o próximo a ser demitido é quando é percebível algumas mudanças de hábitos da empresa para com a sua pessoa. Por exemplo: Se antes, você era convocado para participar de reuniões e conversas sobre os objetivos da empresa e de repente, você já não é mais lembrado nestes momentos;

– Outro sinal é quanto à cobrança por resultados. Quando sentir que seu superior já não o chama com frequência para questionar sua produção, muita atenção! A empresa já não está mais interessada em seus serviços. Nestes momentos a organização deixa a impressão de que sua contribuição não é mais significativa;

– Mais um sinal pode ser a cobrança exagerada, que, alias, é o oposto do ponto enunciado anteriormente. Neste caso, seu superior (por mínimos motivos) cobra resultados quase impossíveis de serem alcançados;

– A demissão também pode ser vista através do comportamento de secretárias e outros funcionários quando ocorre mudanças na forma de lhe atender, ou seja, se antes você era recebido com sorrisos, a ausência deles já é um sinal de certo “constrangimento” dos parceiros de trabalho por saberem que, em breve, você será demitido;

–  Um sinal bastante frequente é quando ocorre a promoção de colegas de trabalho com menos tempo de serviço que você. Neste caso, você continua na mesma função enquanto que outro colaborador assume novas funções;

– Indiferença de um gerente ou superior é um sinal que indica que as coisas para o seu lado não vão muito bem. Mesmo que de forma discreta, a indiferença pode ser percebida facilmente visto que (geralmente) quando se pretende demitir um funcionário, os superiores mudam o comportamento para com o tal;

– Nem sempre os funcionários com faixa etária mais avançada (entre 40 e 50 anos) são demitidos pelo fator idade. Muitos deles, têm seu contrato de trabalho rescindido por não se importar em atualizar-se sobre as novas tendências do mercado. Por isto, eles acabam sendo o principal alvo de corte dentro das organizações.

É preciso ficar atento aos mais variados sinais percebidos antes de uma demissão. Com uma percepção prévia, quem sabe ainda reste tempo para você dar a volta por cima e evitar a perda do seu emprego?!

Top