Sertanejo Hudson foi preso: entenda o caso

Na noite da última quarta-feira (20), o cantor Hudson, da dupla Edson e Hudson, foi preso por porte ilegal de armas. O sertanejo teve…

Na noite da última quarta-feira (20), o cantor Hudson, da dupla Edson e Hudson, foi preso por porte ilegal de armas. O sertanejo teve os itens apreendidos e chegou a chegou a ser levado para um presídio.

Hudson foi preso por porte ilegal de armas. (Foto:Divulgação)

Relembre: Fim da dupla Edson & Hudson: Separação Anunciada

A prisão de Hudson

A ex-mulher do primeiro casamento de Hudson e o atual marido dela chamaram a polícia após o cantor avisar que passaria na residência do casal para pegar um dos seus carros.

Hudson foi abordado na rua por um policial. Dentro do carro, o oficial encontrou uma pistola 380, um revólver 38, um canivete, um soco-inglês e uma faca de cozinha. O músico alegou ser um colecionador de armas, pagou a fiança e foi liberado.

Após uma denúncia anônima, a polícia foi até a casa de Hudson em Limeira e encontrou outros itens ilegais: uma carabina calibre 38, uma bereta calibre 22, munições e maconha.

Armas e munições foram encontradas na casa do cantor. (Foto:Divulgação)

Versão de Hudson

O ídolo sertanejo foi preso duas vezes no mesmo dia, mas garante ser inocente. Em entrevista para o Fantástico, Hudson contou detalhes sobre o que passou na prisão. “Fizeram eu tirar minha roupa, colocaram roupa de presidiário em mim, rasparam a minha cabeça. Eu tomei um remédio para dormir, aí, de repente, eu acordei com o pessoal falando que eu estava indo para Tremembé. Aí algemaram minhas mãos, algemaram meus pés”, falou o cantor.

Hudson permaneceu preso por três dias e o tempo todo se declarou inocente. Ele garantiu que gosta de armas e carros, como qualquer garoto. Também assegurou que apenas faz uma coleção e jamais atiraria numa pessoa.

Leia Também:  Selena Gomez fala sobre suposto filho de Justin Bieber

A respeito da primeira prisão, Hudson garantiu que não tinha a intenção de matar a ex-esposa, mas que os dois tinham trocado ofensas através de mensagens de celular. O músico contou ainda que foi buscar o carro da filha de 20 anos, que deveria ter levado para sua casa, mas não levou.

Hudson ficou preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Piracicaba e em seguida foi transferido para o Presídio do Tremembé. No fim da tarde de sábado (23), o cantor conseguiu habeas corpus para deixar a prisão e responder o processo em liberdade.

Hudson ao lado do irmão. (Foto:Divulgação)

O estado de Hudson

Em entrevista, a família de Hudson contou que o cantor estava sofrendo por amor e perdendo a vontade de viver. Tudo se tornou mais complicado após a morte da sua ex-mulher Larissa Lopes, de 26 anos, que foi atingida por um tiro na cabeça. A principal suspeita do caso é ainda de suicídio. Desde a morte de Larissa Lopes, Hudson adquiriu o costume de visitar o cemitério todos os dias.

O pai da dupla sertaneja afirmou que Hudson não é criminoso. De acordo com Jerônimo Silva, o músico está doente, bebendo demais e não comendo direito.

Veja também: Hudson deixa prisão

Top