Sensação de inchaço: como aliviar

A sensação de inchaço abdominal, que recebe o nome técnico de plenitude epigástrica, é um problema pelo qual a maioria das pessoas já passou…

A sensação de inchaço abdominal, que recebe o nome técnico de plenitude epigástrica, é um problema pelo qual a maioria das pessoas já passou e que causa intenso mal-estar. Entenda por que ocorre esse problema e confira algumas dicas de como aliviar a sensação de inchaço.

O desconforto abdominal é um problema bastante comum. (Foto: divulgação)

Causas de plenitude epigástrica

Na maioria das vezes o desconforto abdominal é desencadeado por fatores identificáveis, como ingestão excessiva de bebidas ou o hábito de comer rápido demais. Entretanto, alguns outros costumes, como o consumo de alimentos específicos, podem variar de uma pessoa para outra e nem sempre são facilmente identificados.

Entre as principais causas de plenitude epigástrica é possível destacar o consumo de alimentos ricos em sódio, como as conservas e produtos industrializados. Esses alimentos levam o corpo a reter líquido, além de provocar muita sede, resultando em grande desconforto no abdome.

Outra causa bastante comum é o aumento na produção de gases intestinais, geralmente resultantes da permanência de alimentos não digeridos na luz intestinal, onde bactérias ali presentes quebram os açucares e produzem gás. Para tratar o problema é importante tomar algumas medidas para acabar com os gases intestinais.

Dicas para aliviar o inchaço abdominal

Confira algumas dicas que ajudam a prevenir o mal-estar abdominal, para acabar de vez com o inchaço do corpo.

  • Parar de fumar

Abandonar ou pelo menos diminuir o uso do cigarro é uma medida simples e bastante eficiente para prevenir o desconforto abdominal, que muitas vezes é causado pela deglutição excessiva do ar durante o ato de fumar;

  • Comer devagar

Sempre que uma pessoa come rápido demais, acaba engolindo uma quantidade maior de ar à deglutição. O resultando é o aprisionamento de gás no estômago, que expande a cavidade;

Comer rápido demais contribui para a sensação de plenitude epigástrica. (Foto: divulgação)

  • Beber de canudinho
Leia Também:  Alergia ocular: sintomas, como tratar

Tomar bebidas usando o canudinho é outra medida que deve ser evitada, pois também contribui para a presença de mais ar dentro do estômago. É importante escolher corretamente as melhores bebidas para acompanhar os alimentos;

  • Uso de probióticos

Usar probióticos é uma medida bastante eficiente e que ajuda a manter o equilíbrio das bactérias intestinais benéficas ao organismo, permitindo um melhor funcionamento do trato gastrintestinal e, consequentemente, diminuindo as chances de ocorrer plenitude epigástrica;

  • Atividades físicas

Os exercícios físicos são capazes de aumentar o fluxo de sangue para o intestino, melhorando a função de todo trato gastrintestinal. É recomendado se exercitar  durante, pelo menos, 30 minutos diariamente;

  • Alimentos crucíferos

Alguns alimentos, como brócolis, couve de Bruxelas e repolho, são ricos em enxofre e rafinose, dois produtos difíceis de serem metabolizados pelo organismo humano. Para amenizar o problema a melhor dica é cozinhar esses alimentos;

A prática regular de atividade física estimula o funcionamento gastrointestinal. (Foto: divulgação)

A sensação de inchaço abdominal, conhecida pelo nome técnico de plenitude epigástrica, é um problema bastante comum e que pode ser evitado com algumas medidas bastante simples. Vale a pena seguir as dicas e se livrar desse incômodo.

Top