Senado aprova projeto que transforma corrupção em crime hediondo

Nas últimas semanas a agenda política brasileira parece ter mudado completamente em prol das manifestações populares que sacudiram o país. Após a rejeição da…

Nas últimas semanas a agenda política brasileira parece ter mudado completamente em prol das manifestações populares que sacudiram o país. Após a rejeição da PEC 37 na Câmara dos Deputados, o Senado acaba de aprovar projeto de lei que transforma corrupção em crime hediondo.

Projeto aprovado pelo Senado torna corrupção um crime hediondo. (Imagem: Divulgação)

O projeto propõe alteração no texto determinando que o crime de corrupção ativa (ocorre quando é oferecida vantagem indevida a funcionário público para executar algum tipo de ato de ofício) e de corrução passiva (o funcionário público em questão pede ou recebe vantagem indevida pela função que ocupa) passam a ter penalidade de 4 a 12 anos de reclusão. O texto em vigor atualmente fala em reclusão de 2 a 12 anos.

Outra alteração passa a considerar a prática de concussão (exigir benefício em função do cargo que ocupa) como crime hediondo.

O projeto, de autoria do senador Petro Taques (PDT-MT),  agora seguirá para a Câmara dos Deputados. Caso seja alterada pelos deputados, ele volta ao Senado e em seguida passará pela sanção da presidente da República.

Top