Seleção feminina de vôlei estreia contra a Coreia do Sul na segunda fase da Copa do Mundo

De olho em uma das vagas para os Jogos Olímpicos de Londres em 2012, a Seleção Brasileira feminina de vôlei estreia, nesta terça-feira (08),…

Vitória contra as coreanas pode deixar o Brasil entre os três primeiros colocados do torneio

De olho em uma das vagas para os Jogos Olímpicos de Londres em 2012, a Seleção Brasileira feminina de vôlei estreia, nesta terça-feira (08), na segunda fase da Copa do Mundo contra a Coreia do Sul, às 4 horas (horário de Brasília), no Toyama City Gymnasium, na cidade de Toyama, no Japão.

Pela primeira fase, as brasileiras conquistaram duas vitórias (contra Quênia e Alemanha) e foram derrotadas pela Seleção dos Estados Unidos. Com seis pontos, o Brasil ocupa a quarta colocação da competição, mesma pontuação que a Alemanha. Os EUA seguem na liderança, com nove pontos, seguidos da Itália, que soma oito. A Coreia é a lanterna do torneio, com apenas três pontos ganhos.

Como apenas as três primeiras equipes garantem vaga nas Olimpíadas do ano que vem, as meninas brasileiras sabem da importância de iniciar bem a segunda fase da competição. Porém, o técnico José Roberto Guimarães afirma que o duelo não será nada fácil. “Entre os times asiáticos, a Coreia talvez seja o que mais sofre no bloqueio e no sistema defensivo. No entanto, é uma equipe que o Brasil sempre teve dificuldade de jogar contra. Isso é cultural. Também temos que tomar cuidado com a Kim, que é uma das melhores atacantes do mundo”, disse Zé Roberto em entrevista ao site da Confederação Brasileira de vôlei.

Para a partida diante das coreanas, Zé Roberto não poderá contar com a ponteira Fernanda Garay, que torceu o tornozelo direito no jogo contra as alemãs. A atleta segue em tratamento intensivo para retornar às quadras ainda durante a Copa do Mundo. Se tudo correr bem, Fernanda tem chances de se recuperar a tempo de disputar a quarta fase da competição, quando o Brasil encara Argentina, Argélia e República Dominicana.

Leia Também:  Brasil perde para a Sérvia e se complica na Copa do Mundo de Vôlei

Top