São Paulo tem o possível quarto caso de sarampo

Uma criança de cinco anos pode ser a quarta vítima de sarampo em São Paulo. A menina estudava no Colégio Oswald de Andrade, na zona leste da capital paulista.

O caso ainda está sendo investigado, porém segundo a diretora da instituição de ensino, Maria Antonieta Giovedi, o Centro de Vigilância Epidemiológica da região confirmou que a doença realmente se trata de sarampo e com isso realizou um bloqueio vacinal em todas os estudantes, a fim de evitar a disseminação da doença.

Já a Secretaria de Saúde informou, por meio de nota, que ainda não há confirmação que a criança estava com sarampo. Os outros três casos que aconteceram na cidade foram com bebês com menos de um ano. Porém ambos ainda permanecem em processo de análise, para averiguar se de fato são casos de sarampo.

Os bebês também são da zona oeste, especificamente do bairro Butantã, de acordo com informações da nota emitida pelo Estado na última quarta-feira (12). A secretaria afirma que “o sarampo é uma doença em erradicação no Brasil, portanto, a avaliação de cada um deles [cada caso] deve passar por diversos processos até a confirmação, o que inclui a análise do Laboratório de Referência Nacional, que está em andamento”.

A última campanha de vacina contra o sarampo em São Paulo atingiu 97% das crianças, ultrapassando a meta do Ministério da Saúde, que era de 95%.

O sarampo é uma doença viral, que pode ser transmitida através do ar, na qual o principal sintoma são alterações marcantes na pele.

Reply