São Paulo já teve quatro técnicos no ano e não consegue se acertar

O São Paulo sempre foi bastante elogiado por ser um clube que dá tempo para os treinadores desempenharem seus trabalhos, já que, ao contrário…

Milton Cruz e Leão já comandaram o São Paulo na atual temporada. Crédito: João Neto-VipComm

O São Paulo sempre foi bastante elogiado por ser um clube que dá tempo para os treinadores desempenharem seus trabalhos, já que, ao contrário dos rivais, prefere manter os profissionais mesmo em momentos cujos resultados positivos não aparecem. Entretanto, parece que os três anos sem conquistar títulos começam a pesar pelos lados do Morumbi, fator que levou a atual diretoria são-paulina a contrariar sua postura e utilizar quatro treinadores diferentes em uma mesma temporada.

Neste ano, o São Paulo iniciou o ano sob o comando de Paulo César Carpegiani, contestado por uma ala da diretoria. Depois das eliminações para o Santos, pela semifinal do Paulistão, e para o Avaí, nas quartas da Copa do Brasil, o trabalho do treinador passou a ser ainda mais questionado. No Brasileirão, a equipe começou bem, mas bastou os resultados negativos aparecerem para Carpegiani ser demitido. Milton Cruz assumiu interinamente, mas logo a diretoria anunciou a chegada de Adilson Batista, questionado desde a primeira partida como treinador do Tricolor.

Com Adilson os resultados positivos continuaram sem aparecer, o time amargou uma seca de seis jogos sem vitórias e o treinador também perdeu o emprego. Novamente, Milton Cruz assumiu o comando da equipe. Entretanto, os dirigentes preferiram apostar em um treinador com mais bagagem no futebol para tentar dar uma sacudida no elenco. Foi aí que a diretoria recorreu ao técnico Emerson Leão, que teve uma boa passagem pelo São Paulo em 2005.

O problema é que Leão chegou, mas o futebol da equipe continua sem aparecer. Fato que sugere que o maior problema do Tricolor Paulista na temporada não está somente relacionado à falta de êxito dos treinadores e sim da grande apatia dos jogadores que atualmente vestem a camisa do São Paulo.

Leia Também:  O que o futuro reserva para o Estádio do Pacaembu?

Top