Santos passa aperto, mas vence o América-MG e segue na briga pelo título

Em jogo fraco tecnicamente, Borges marcou mais um e se isolou ainda mais na artilharia do nacional. Santos venceu quarto jogo seguido

Atacante Borges marcou seu 18o. gol com a camisa do Santos neste Brasileirão

Apesar de não apresentar um bom futebol, o Santos jogou para o gasto e derrotou o América Mineiro por 2 a 1, fora de casa. Como tem dois jogos a menos do que os demais clubes, a vitória animou ainda mais os santistas que se veem no direito de continuar acreditando na conquista do título brasileiro.

Já o América, lanterna do Brasileirão, dá mostras de que dificilmente conseguirá um milagre para escapar do rebaixamento à Série B.

Jogo sonolento na primeira etapa

O primeiro tempo no Parque do Sabiá foi marcado pelos excessivos erros de passe, o que dificultou que as equipes criassem boas oportunidades de gol. O início do Santos na partida dava a impressão de que a noite seria de muitos gols. Logo a um minuto, Alan Kardec cruzou da direita e Neymar cabeceou para defesa de Neneca. Porém, a partir daí, o time alvinegro teve bastante dificuldade em articular suas jogadas ofensivas. Caçado pelos marcadores do América, Neymar não encontrava muitos espaços para desequilibrar.

Com isso, apesar da falta de qualidade dos mineiros, o América se soltou na partida. Na melhor chance do time, Gilson arriscou de longe e a bola explodiu na trave do gol de Rafael.

Depois do susto, o Santos tentou imprimir um ritmo mais forte ao jogo, mas continuava errando o último passe e pouco assustava o goleiro Neneca. No último lance do primeiro tempo, o América quase abriu o marcador. Gilson cruzou e a bola sobrou para Irênio, que bateu, mas Rafael salvou o Peixe.

Jogo pega fogo no segundo tempo

O jogo ficou eletrizante na segunda etapa. Com Borges apagado em campo, o Peixe sofria no ataque. Porém, o artilheiro do Brasileirão decidiu aparecer. Aos 16 minutos, Neymar cobrou escanteio na área e Borges cabeceou sem chances para o goleiro Neneca. O artilheiro marcou seu 18º gol no torneio e se isolou na artilharia da competição.

Leia Também:  Sem inspiração, Atlético Goianiense e Flamengo empatam sem gols

O gol despertou o Coelho, que chegou ao empate aos 21 minutos. Luciano cruzou da esquerda, André Dias bateu em cima de Rafael e Kempes marcou no rebote.

Mas a noite era mesmo santista. O Peixe respondeu 12 minutos mais tarde e definiu o placar. Neymar cobrou escanteio na área, Alan Kardec desviou e a bola sobrou para o zagueiro Edu Dracena encher o pé para garantir mais três pontos para o alvinegro praiano.

FICHA TÉCNICA:

AMÉRICA MINEIRO 1X2 SANTOS

AMÉRICA-MG: Neneca, Micão, Preto e Anderson; Marcos Rocha, Glauber, Leandro Ferreira, Irênio (Luciano) e Gilson; Kempes e André Dias (Fábio Júnior). Técnico: Givanildo Oliveira

SANTOS: Rafael, Danilo, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Arouca e Ibson (Pará); Neymar, Alan Kardec e Borges. Técnico: Muricy Ramalho

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Auxiliares: Julio Cesar Rodrigues Santos (RS) e Marcelo Bertanha Barison (RS)

Renda/público: Não disponíveis

Cartões amarelos: Marcos Rocha e Anderson (América); Adriano (Santos)

GOLS: Borges, 16’/2ºT (0-1); Kempes, 21’/2ºT (1-1); Edu Dracena, 33’/2ºT (1-2) co:P� x� yle=’font-size:12.0pt;font-family:”Arial”,”sans-serif”‘> R$ 144.142,50 / 6.689 pagantes / 8.845 presentes

Cartões Amarelos: Bruno e Batista (Avaí), Edinho e Leandro Euzébio (Fluminense)

Gols: Fred – 4’/1ºT (1-0) e 24’/1ºT (2-1); William – 8’/1ºT (1-1); Martinuccio – 33’/2ºT (3-1);

Top