Santos Dumont volta a funcionar depois de quatro horas fechado

O aeroporto Santos Dumont, do Rio de Janeiro, voltou a funcionar totalmente às 10h54 desta segunda-feira (17). Ele havia sido fechado para pousos e…

Por Redacao em 17/10/2011

O aeroporto Santos Dumont, do Rio de Janeiro, voltou a funcionar totalmente às 10h54 desta segunda-feira (17). Ele havia sido fechado para pousos e decolagens por volta das 7h depois que chuvas atingiam a cidade.

Até reabrir, 47 voos foram cancelados, sendo 16 decolagens e 31 pousos. Além das partidas das aeronaves, outras 14 decolagens ficaram atrasadas, de um total de 57 voos previstos para acontecer. Dos pousos que estavam previstos, além dos 31 cancelados, outros 24 estavam atrasados e mais 18 foram desviados para o Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão.

Já no Galeão, dos 55 voos programados, 13 ficaram atrasados e nenhum foi cancelado. O Rio de Janeiro acordou hoje em estágio de atenção, o segundo grau em uma escala de quatro, e significa que há possibilidade de chuva moderada, ocasionalmente forte, nas próximas horas.

Não apenas a capital carioca, mas também outras cidades foram prejudicadas graças ao mau tempo e chuvas. Os aeroportos de Salgado Filho, em Porto Alegre (RS), Tancredo Neves, em Belo Horizonte (MG), Congonhas e Guarulhos, ambos em São Paulo, também tiveram problemas nas operações.

Como se não bastasse a meteorologia no país, quem iria para a Argentina também encontrou problemas. O vulcão chileno Puyehue criou uma nuvem de cinzas que impossibilitava o trânsito de aeronaves até à Argentina, fazendo com que as empresas aéreas Gol e TAM cancelassem seus voos, desde domingo (16). Entretanto, no final da manhã dessa segunda-feira, as companhias retomaram suas linhas até o destino.

Top