Santos derrota o Kashiwa Reysol e está na final do Mundial de Clubes da Fifa

O Santos jogou para o gasto, derrotou o Kashiwa Reysol, por 3 a 1, na manhã desta quarta-feira, no Toyota Stadium, no Japão, e…

Neymar comemora golaço que abriu caminho para a vitória do Peixe. (Foto/Divulgação)

O Santos jogou para o gasto, derrotou o Kashiwa Reysol, por 3 a 1, na manhã desta quarta-feira, no Toyota Stadium, no Japão, e está garantido na final do Mundial de Clubes da Fifa, que acontece no próximo domingo.

Com uma boa apresentação nos primeiros 45 minutos, especialmente do craque Neymar, o Santos rapidamente saltou à frente do placar, com golaços de Neymar e Borges. Na etapa complementar, o Peixe diminuiu o ritmo e viu o Kashiwa diminuir com Sakai. No entanto, a reação dos japoneses parou com o terceiro gol santista, marcado por Danilo, de falta.

Agora, o Peixe espera o resultado da semifinal entre Barcelona e Al Sadd, do Catar, que se enfrentam nesta quinta-feira, para conhecer seu adversário na decisão do Mundial, a ser realizada no próximo domingo.

Neymar brilha e Santos sai na frente

A partida no Toyota Stadium começou bastante equilibrada, com o Kashiwa Reysol com maior posse de bola e abusando da velocidade para tentar chegar ao ataque. Porém, a equipe japonesa errava muitos passes no campo de ataque.

No Santos, Neymar era quem mais aparecia para o jogo. Com Ganso apagado em campo, o camisa 11 do Peixe buscava o jogo mais atrás e tentava levar sua equipe ao ataque. E foi Neymar quem teve a primeira grande chance da partida. Logo aos quatro minutos, Arouca tentou o passe para o atacante dentro da área, o zagueiro Kondo cortou errado e entregou no pé de Neymar, que finalizou a bola na trave.

Ligado no jogo, Neymar não precisou de muito tempo para brilhar. Aos 19 minutos, o craque santista fez gol de gênio. O atacante recebeu na entrada da área, fintou o zagueiro e finalizou com extrema categoria, de perna esquerda, no ângulo do gol japonês: 1 a 0 Peixe.

Continuar Lendo  Vasco precisa golear o Universitário para avançar na Sul-Americana

Quatro minutos mais tarde foi a vez de Borges mostrar seu faro de artilheiro e ampliar para o Santos. O atacante recebeu de Durval na entrada da área, cortou para o meio e encheu o pé no ângulo do gol de Sugeno.

Depois do segundo gol, o Santos diminuiu o ritmo e passou a administrar a vantagem construída nos primeiros 25 minutos. Por sua vez, o Kashiwa tentava assustar por meio das bolas paradas, mas sem sucesso.

Peixe diminui o ritmo, Kashiwa melhora, mas Santos vence

O Santos retornou para a segunda etapa disposto a transformar o resultado em goleada. Aos cinco minutos, Neymar deixou Danilo na cara do goleiro, mas na hora da finalização, o lateral pegou mal na bola e chutou em cima do arqueiro japonês.

O castigo veio três minutos depois. Em sua especialidade, Jorge Wagner cobrou escanteio na área e Sakai subiu sozinho para diminuir para o Kashiwa.

O jogo começava a ficar perigoso para o Santos. Mas, aos 18, Danilo deu mais tranquilidade à equipe santista. Em cobrança de falta perfeita, o lateral do Peixe bateu a bola por fora da barreira e fez mais um belo gol para o Santos: 3 a 1 Peixe.

Em desvantagem no marcador, o Kashiwa foi para cima do Santos. Aos 29, Jorge Wagner lançou Kurisawa dentro da área, que bateu cruzado, mas a bola explodiu na trave.

Aos 36 minutos, o Kashiwa perdeu um gol incrível. Leandro Domingues cruzou do lado direito, a bola passou por todo mundo e Kurisawa, debaixo do gol, conseguiu mandar a bola para fora.

A resposta do Peixe veio três minutos mais tarde. Ibson dominou a bola dentro da área, chutou colocado e acertou o travessão.

 

 

Top