Sangramento nasal: como estancar

O sangramento do nariz é um problema muito comum entre as crianças e pode trazer grande preocupação aos pais. A principal causa do sangramento…

O sangramento do nariz é um problema muito comum entre as crianças e pode trazer grande preocupação aos pais. A principal causa do sangramento está ligada ao traumatismo local, podendo ser facilmente contido. Saiba como estancar o sangramento nasal.

Conheça os primeiros socorros da hemorragia nasal. 

Apertar as narinas com um pano, é a melhor maneira de estancar o sangramento nasal. (Foto: divulgação)

 

Saiba mais sobre o sangramento nasal

O sangramento nasal (epistaxe) é um problema que afeta, principalmente, as crianças, podendo ocorrer em pessoas em qualquer idade. Em geral, o sangramento tem início após traumatismo local, através de uma queda ou do simples ato de “cutucar” o nariz.  Por outro lado, algum tipo de irritação da mucosa nasal quer seja por um resfriado, ou quando o clima está muito seco, pode colaborar com o desencadeamento do problema. É importante alertar que, diante de quadros repetitivos de epistaxe, é ideal buscar a orientação de um especialista de modo a excluir outras causas de doenças, como problemas de coagulação sanguínea.

Primeiros socorros diante de sangramento nasal

Separamos abaixo algumas dicas de como se portar diante de um indivíduo que esteja apresentando sangramento nasal.

  • Primeiro passo – coloque a pessoa sentada em um local confortável. Após, peça para que ela coloquea cabeça para frente, sem incliná-la para trás;
  • Segundo passo – aperte as duas narinas (região que se localiza abaixo do osso do nariz) por pelo menos cinco minutos. Durante esse ato, oriente a pessoa a respirar pela boca;
  • Terceiro passo – coloque um pano úmido sobre o nariz e novamente aperte as narinas por mais cinco a dez minutos. O pano deve ser embebido em água gelada, pois o líquido frio colaborará no fechamento dos vasos sanguíneos, reduzindo o sangramento.
Continuar Lendo  Como planejar um banheiro com banheira

O sangramento nasal costuma cessar com essas medidas. Porém, é importante que o indivíduo busque a orientação de um especialista caso o problema persista.

A maior incidência de sangramento nasal ocorre entre as crianças. (Foto: divulgação)

Casos mais graves de sangramento nasal

Algumas vezes o indivíduo apresenta um sangramento nasal mais intenso. Geralmente isso acontece diante de traumas da cabeça e do pescoço. Diante desses casos, é essencial que a pessoa seja encaminhada a um atendimento de pronto socorro, por ser considerada uma emergência.

Ficando atento a outros sinais

Em alguns casos, o indivíduo que apresenta sangramento nasal recorrente, pode apresentar alguns sinais pelo corpo que pode ser sugestivo de doenças da coagulação. Entre eles podemos citar manchas roxas pelo corpo. Diante dessas alterações é muito importante buscar a orientação de um médico especialista, de modo a evitar as consequências do problema.

Saiba como prevenir o problema

Conheça abaixo algumas atitudes que podem colaborar na prevenção do sangramento nasal.

  • Evitar que a criança ou o indivíduo “cutuque” o nariz, cortar as unhas é uma boa medida;
  • Manter o ar dentro dos ambientes com umidade adequada, evitando que as narinas ressequem;
  • Evitar que as crianças menores de 4 anos brinquem com brinquedos muito pequenos, evitando que elas coloquem esses objetos no nariz.

    O ressecamento da mucosa nasal pode favorecer o sangramento.(Foto: divulgação)

O sangramento nasal é um problema muito comum em nosso meio, em especial entre as crianças. Após conhecer algumas dicas de como estancar o sangramento nasal e caso ele persista, é ideal buscara a orientação de um atendimento especializado.

Saiba o que é hemofilia e como tratar.

Top