Salário: dicas para negociar valor

Ter um bom salário, que seja suficiente para pagar as despesas domésticas e para garantir bons momentos de lazer e diversão, em viagens, passeios…

Ter um bom salário, que seja suficiente para pagar as despesas domésticas e para garantir bons momentos de lazer e diversão, em viagens, passeios e na compra de itens para uso próprio, é o sonho de qualquer trabalhador, que queira levar uma vida financeira mais sossegada.

Tomando as atitudes certas e sendo um pouco flexível, você pode chegar a uma remuneração bastante agradável (Foto: Divulgação)

No entanto, negociar o valor da remuneração é uma situação complicada. Dependendo da abordagem dada ao assunto, pode parecer que o funcionário esteja mais interessado no dinheiro do que no próprio trabalho, resultando em demissão ou na perda da vaga, se a conversa estiver acontecendo durante o processo seletivo.

Reajuste de 7,9%: Salário mínimo 2013, valor

Leia também: Como pedir uma promoção no trabalho – dicas

Por causa disso, é preciso cautela para saber a hora certa de iniciar a negociação, além de ter certeza do merecimento do aumento e de quanto será esse reajuste, no caso de quem já está trabalhando. Com relação à negociação do valor do salário durante a seleção, é preciso esperar o entrevistador fazer tal questionamento.

É importante ser realista e prudente nas negociações de salários, para evitar problemas com o empregador (Foto: Divulgação)

Pesquise o mercado

Antes de negociar o valor do salário, faça uma pesquisa de mercado e veja quanto estão ganhando outros profissionais que fazem o mesmo tipo de trabalho que você. Converse com amigos, pessoas que trabalham na área de RH e fique atento a pesquisas que mostrem essas informações.

Com esses dados em mãos, você tem uma boa argumentação para começar a negociar o valor do salário ou para pedir um reajuste.

Leia Também:  Vagas Temporárias Nestlé 2011 Páscoa 2011

Cite as suas colaborações para a empresa

Faça uma lista com todas as suas realizações dentro da empresa, como a ajuda que deu para as reduções de gastos, para a melhoria dos resultados da companhia e as atitudes que tomou para contribuir com a melhora da imagem da empresa. Esses são outros bons argumentos que poderão ser citados na negociação.

Uma boa argumentação é fundamental para ter sucesso na negociação do valor do salário (Foto: Divulgação)

Seja paciente

Se a empresa estiver passando por um momento difícil, tendo dificuldades financeiras, demitindo funcionários ou algum outro tipo de problema, não adianta você solicitar um aumento de salário ou fazer uma pedida muita alta durante a entrevista de emprego.

Neste caso, espere até a situação melhorar para ter essa conversa. Seja paciente e realista, levando em conta também o tamanho da empresa e os seus limites financeiros.

Leve em conta outros aspectos, além do financeiro

Vários aspectos podem compensar um possível salário mais baixo, como um bom pacote de benefícios, incluindo plano de saúde, convênios para os dependentes, comissões e bônus, entre outros, além de um ambiente de trabalho que lhe proporcione prazer. Nunca avalie apenas o salário de forma isolada, pois você pode se arrepender depois.

Top