Saiba quando a traição pode melhorar o relacionamento

O tema da infidelidade ainda é um tabu e muitos o tratam de forma velada por não se sentirem completamente à vontade em se…

A traição pode dar um novo rumo ao relacionamento.

O tema da infidelidade ainda é um tabu e muitos o tratam de forma velada por não se sentirem completamente à vontade em se definir como traídos ou traidores, quer seja cometido pelo homem ou pela mulher.

Alguns especialistas defendem a ideia de que sexo e amor são coisas separadas, sendo assim, a traição poderia ser encarada de duas formas diferentes: a emocional e a sexual. O amor é uma experiência interpessoal, ou seja, que precisa de mais alguém além de nós mesmos para acontecer, já o sexo é puramente pessoal.

Sexo é prazer, é atividade momentânea e física. Algo que se consegue sozinho. A traição sexual é mais comum nos homens do que nas mulheres por uma razão muito simples: o homem tem o desejo visual muito mais intenso e aguçado se comparado com as mulheres.

Traição sexual

As pesquisas têm demonstrado que a traição pode ajudar a salvar o relacionamento, se ela for a chamada “traição sexual”, pois, é possível recuperar a confiança no parceiro já que ela traz a possibilidade de diálogo e a maioria dos relacionamentos chegam ao ponto final por não haver conversa entre os dois.  Isso torna real a possibilidade de acabar até melhorando a vida sexual do casal, que poderia ter esfriado, como não é raro ocorrer nos casamentos depois da chegada dos filhos.

Quanto a perdoar e recuperar a confiança, essa sem dúvida é a parte mais difícil e por isso que, nessa hora, os casais podem buscar a ajuda de profissionais, muitas vezes se submetendo à terapia.

A recuperação da confiança depende muito da autocrítica daquele que foi traído, sendo fundamental que ele também possa assumir sua parcela de responsabilidade. Nenhuma pessoa fica infeliz num relacionamento sozinho.

A recuperação da confiança depende muito da autocrítica daquele que foi traído.

Traição sentimental

A “traição sentimental” é a mais difícil de ser superada, já que a questão física e puramente sexual não é o ponto chave do descontentamento conjugal e a situação acaba com o envolvimento muito mais profundo da terceira pessoa.

Nestas situações, o que geralmente acontece é que o amor entre marido e mulher passa por uma modificação tão intensa que pode acabar sendo transformado em outra forma desse sentimento, como por exemplo, o amor fraternal. Dessa forma, ainda pode existir a preocupação com o bem-estar e a felicidade da outra parte, mas não os desejos que caracterizam um relacionamento conjugal saudável. Por isso, a separação acaba sendo a melhor saída para alguns dos casos.

Afinal, a traição realmente pode melhorar um relacionamento?

Se ainda existir amor entre os dois e ambos acharem que vale a pena recomeçar, a traição pode melhorar o relacionamento por oferecer o momento oportuno para repensar nos erros cometidos pelo casal. Dessa forma há uma nova chance de acertar as indiferenças, buscando reconquistar a confiança, continuar com o relacionamento e melhorar em vários aspectos necessários, tornando a nova tentativa ainda melhor do que a primeira.

A traição é muitas vezes um tabu.

Top