Saiba quais são as vantagens e desvantagens de trabalhar em casa

O mercado de trabalho vem se modificando e se globalizando a cada ano. E dentro dessas modificações uma nova forma de se trabalhar também…

Por Redacao em 30/11/2011

O mercado de trabalho vem se modificando e se globalizando a cada ano. E dentro dessas modificações uma nova forma de se trabalhar também vem crescendo. O sistema Home Office, vem tomando espaço e ganhando novos adeptos.

Mas o que é esse sistema?

Home office é o escritório em casa. E você pode trabalhar no conforto de casa sendo um empresário/autônomo ou empregado de uma empresa. Mais autonomia e menos despesas, essas são algumas vantagens. Mas, como toda coisa boa, existem pontos negativos nesse sistema de administrar a empresa ou prestar serviços como autônomo em casa.

O desejo de ser o teu próprio chefe/patrão é grande motivador de quem escolhe por exercer  funções profissionais em casa, mas, os “tradicionalistas” do mercado formal ainda têm alguns preconceitos aos escritórios domésticos.  Do ponto de vista econômico e pessoal, as vantagens são muitas e óbvias. Segue agora algumas vantagens e desvantagens para quem pretende trabalhar em casa.

Vantagens pessoais (e familiares) do escritório doméstico:

– proximidade da família;
– redução do estresse decorrente do trânsito;
– maior independência;
– alimentação mais saudável;
– mais qualidade de vida;
– incorporação da família à atividade.

 

Vantagens profissionais:
– maior liberdade profissional;
– redução de custos (aluguel, transporte, refeição e infraestrutura básica);
– privacidade, desde que planejada;
– facilidade de obtenção de franquias que não exigem pontos comerciais;
– planejamento dos próprios rendimentos;
– definição do próprio horário de trabalho;
– rendimentos superiores aos níveis convencionais de mercado;
– autogerenciamento profissional.

Desvantagens pessoais (e familiares):

– perda da privacidade pessoal;
– indefinição de horários de trabalho e lazer, se não houver planejamento e disciplina;
– possibilidade de excesso de carga de trabalho;
– tendência ao isolamento social (para quem mora só).

Desvantagens profissionais: 

– falta de atualização profissional em processos gerenciais;
– difícil sucessão, em caso de necessidade de transição;
– ambiente de trabalho confinado (antissocial).
– interferência de assuntos domésticos nos assuntos profissionais;
– dificuldades de obtenção de créditos, em caso de empresa informal;
– preconceito no mercado formal, em caso de empresa não registrada.

 

Fonte: blogdosempreendedores.com.br

 

Top