Saiba o que fazer após roubo de documentos

Muitas pessoas no desespero de serem furtados ou roubados ficam sem reação, não sabendo o que fazer ou o que pensar. Por ser uma…

Por Editorial MDT em 03/10/2011

Muitas pessoas no desespero de serem furtados ou roubados ficam sem reação, não sabendo o que fazer ou o que pensar. Por ser uma situação muito frequente hoje em dia, não basta apenas ter o conhecimento de seus direitos, é preciso procurá-los, ainda mais em situações que envolvam agressão. Confira abaixo o significado correto de roubo e furto, e após saiba quais procedimentos devem ser tomados para a recuperação de seus documentos.

Muitos acham que roubo e furto são situações semelhantes, o que não é verdade. O furto é quando há uma subtração de qualquer objeto sem a utilização de violência. Exemplo: Alguém puxa a carteira do seu bolso, sem que você perceba. Neste caso você pode acessar o site da Secretaria de Estado da Segurança Pública e descrever o ocorrido.

Por outro lado, o roubo é caracterizado quando há explicitamente uma agressão ou ameaça de agressão. Esta pode ser com ou sem o obtenção de arma. Neste caso você terá que procurar a delegacia mais próxima e registrar um boletim de ocorrência (B.O).

Em casos de perda de cartão de crédito e talão de cheques, você poderá seguir imediatamente para uma delegacia, se não puder uma ótima opção é sustar o cheque, seja por telefone ou por e-mail.

Para não correr o risco de cancelamento da sustação do cheque é preciso confirmar até dois dias junto ao banco (com o B.O). Quando partir para a delegacia é importante que forneça as seguintes informações: nome do banco agência número da conta corrente e a numeração das folhas de cheques perdidas.

Em caso de roubo de documentos pessoais é necessário seguir o mais rápido possível até uma distrito para registrar um boletim de ocorrência. Nesse caso vai ser preciso informar os números dos documentos pessoais (CPF e RG) do responsável. Se forem documentos de veículo, apenas especifique quais foram os documentos roubados.

Após, é necessário também informar o SPC e o Serasa sobre o ocorrido. Pois desse modo você evitará futuros fraudes que possam envolver seu nome e seus documentos. Para isso acesse o site do Serasa, lá terá todas as informações que necessitar.

Top