Saiba o que é câncer de tireoide

Saiba o que é câncer de tireoide

Saiba o que é câncer de tireoide. O Câncer de Tireoide é o quinto tipo de câncer mais comum nas mulheres e o décimo sétimo mais prevalente nos homens.  Se…

Por Redacao em 03/12/2014

Saiba o que é câncer de tireoide. O Câncer de Tireoide é o quinto tipo de câncer mais comum nas mulheres e o décimo sétimo mais prevalente nos homens.  Se diagnosticado precocemente, aumenta as possibilidades de sucesso do tratamento.  Embora seja três vezes mais frequente nas mulheres, a doença afeta também os homens. Os tipos mais comuns são os carcinomas papilífero, folicular, medular e o anaplásico. . Dentre os fatores de risco para o câncer de tireoide vale ressaltar o histórico familiar de  de câncer de tireoide e a exposição à radiação.

Confira: Frutas exóticas que ajudam a saúde

Saiba o que é câncer de tireoide - Nas mulheres, a fase de maior risco da tireóide é no período reprodutivo (Foto: Divulgação)

 Saiba o que é câncer de tireoide

Saiba o que é câncer de tireoide: A glândula tireoide está localizada na parte da frente do pescoço, logo abaixo da laringe (cordas vocais). Ela produz hormônios que regulam o seu metabolismo, que é o processo de como o seu corpo usa e armazena sua energia. O câncer de tireoide ocorre quando tumores, também conhecidos como nódulos, crescem na tireoide.

O carcinoma papilífero, responsável por 70%, 80% dos casos, é um tumor pouco agressivo, de evolução lenta. Na maioria das vezes, é diagnosticado num exame de rotina e reage bem ao tratamento. Quando ocorrem metástases, os gânglios linfáticos costumam ser os inicialmente afetados.

Leia também: Alimentos que ajudam evitar câimbras

A maioria das pessoas com câncer de tireoide não têm sintomas. (Foto: Divulgação)

O segundo tipo mais frequente é o carcinoma folicular que costuma manifestar-se depois dos 35 anos e oferece risco maior de recidivas e metástases. Nos casos mais avançados, pulmões e ossos são os órgãos em que primeiro se disseminam as células tumorais.

O carcinoma medular é responsável por aproximadamente 5% dos casos de câncer da tireoide. Em geral, trata-se de um tumor mais agressivo, relacionado com certas síndromes genéticas e que secreta uma proteína que acarreta a calcificação dos ossos.

O carcinoma anaplásico corresponde a 2% dos casos de tumores da tireoide. De crescimento rápido, em pouco tempo atinge órgãos à distância, como os pulmões, os ossos e o fígado.

Sinais e sintomas do câncer de tireoide

Seus sintomas são silenciosos e, por isso, é importante o autoexame da tireoide sempre que possível. O mais expressivo é a palpação de um nódulo na tireoide, ou seja, na região anterior do pescoço. (Foto: Divulgação)

Nos dois tipos de câncer de tireoide, ou seja, tanto o carcinoma papilífero quanto o folicular costumam ser assintomáticos nas fases iniciais. Quando os sinais aparecem, o mais comum da doença costuma ser o aparecimento de nódulo palpável ou visível na região da tireoide ou do pescoço. Em estágios mais avançados, podem ocorrer também aumento dos gânglios linfáticos e do volume do pescoço, rouquidão, tosse persistente, dificuldade para engolir e sensação de compressão da traqueia.

Tratamento da tireoide

Para realizar o tratamento é necessário que seja feita uma cirurgia para a retirada da glândula da tireoide, chamada tireoidectomia, seguida de uma terapia hormonal. Em alguns casos específicos é preciso complementar o tratamento cirúrgico com iodo radioativo.
Leia mais: Dietas para combater doenças

Para realizar o tratamento é necessário que seja feita uma cirurgia para a retirada da glândula da tireoide, chamada tireoidectomia, seguida de uma terapia hormonal. (Foto:Divulgação)

A terapia do hormônio tireoidiano após a operação deverá focar na diminuição do nível do TSH (em inglês é hormônio estimulador da Tireoide), evitando assim problemas futuros. Com a remoção da tireoide, o paciente desenvolve o hipotireoidismo e necessitará de reposição do hormônio T4 (levotiroxina) para o resto da vida.

 

Top