Saiba mais sobre o desconforto alimentar

Muitas pessoas sentem um grande desconforto após as refeições, e acabam percebendo que nem sempre a digestão alimentar ocorre da maneira esperada. Esse problema…

Muitas pessoas sentem um grande desconforto após as refeições, e acabam percebendo que nem sempre a digestão alimentar ocorre da maneira esperada. Esse problema recebe o nome técnico de dispepsia e é mais comum do que se imagina. É preciso ter em mente que sensações como queimação no estômago ou soluços e arrotos seguidos de náuseas não são normais e indicam que algo não está acontecendo como deveria. Fique por dentro do assunto e saiba mais sobre o desconforto alimentar.

O desconforto após as refeições é um problema comum. (Foto: divulgação)

Causas de desconforto alimentar

A dispepsia pode ser desencadeada por diversas causas, como as emocionais – especialmente por estresse; as alimentares – por hábitos inadequados, e algumas causas patológicas, como cálculos biliares, gastrite e úlceras. Por isso, tão importante quanto identificar prontamente o problema e iniciar o tratamento e prevenção de complicações, é preciso também determinar a causa da alteração.

Por que a dispepsia é importante

Não digerir adequadamente os alimentos é um problema bastante sério e que, infelizmente, acaba sendo menosprezado por algumas pessoas. Se a digestão não é realizada da maneira correta, o organismo se torna incapaz de aproveitar todos os nutrientes e, por mais saudável que seja a alimentação do indivíduo dispéptico, pouco contribuirá para a manutenção do adequado funcionamento de seu organismo.

Como escolher os alimentos corretos

Pessoas que sofrem de dispepsia por causas alimentares podem se beneficiar dando preferência aos alimentos capazes de facilitar o processo digestivo e evitando aqueles que atrapalham a digestão. Confira as dicas:

  • Alimentos que ajudam a digestão
    • Nozes e oleaginosas;
    • Iogurte;
    • Frutas em geral;
    • Chás após a refeição;
    • Azeite;
    • Gengibre;
    • Couve;
    • Grãos integrais;
    • Carne magra e peixe.

      Tomar líquidos durante as refeições não é uma boa ideia para quem sofre de dispepsia. (Foto: divulgação)

  • Alimentos que prejudicam a digestão
    • Bebidas ricas em cafeína;
    • Bebidas alcoólicas;
    • Laticínios (para o caso de pessoas com intolerância à lactose)
    • Alimentos muito apimentados;
    • Alimentos gordurosos e/ou fritos.
Leia Também:  Shorts: dicas para personalizar

Dicas para combater a dispepsia

Seguindo algumas dicas comportamentais é possível facilitar o processo de digestão e combater o desconforto alimentar:

  • Evite tomar líquidos durante as refeições, pois eles diluem o suco gástrico e dificultam a digestão e absorção de nutrientes;
  • Mastigue bem os alimentos. O processo de digestão se inicia na boca, e engolir os alimentos sem tritura-los da maneira correta acaba dificultando o processo, que demora muito mais tempo para ocorrer;
  • Não deite após as refeições. Assumir uma posição deitada pode ser um grande problema, pois dificulta o caminho natural do bolo alimentar através do aparelho digestivo.

Para de ingeri álcool é uma medida que ajuda a combater a dispepsia. (Foto: divulgação)

O desconforto alimentar, conhecido tecnicamente como dispepsia, é um problema frequente e que pode ser decorrente de diversos fatores. Pessoas que apresentam dificuldade para digerir os alimentos devem procurar auxílio médico, para que sejam avaliadas e causas patológicas de dispepsia. Na maioria das situações, a mudança de hábitos é capaz de ajudar a solucionar o problema.

Top