Saiba mais sobre o adoçante estévia

Os adoçantes extraídos da estévia estão se tornando cada vez mais conhecidos em todo o mundo, principalmente em países como Estados Unidos e Grã-bretanha.…

Os adoçantes extraídos da estévia estão se tornando cada vez mais conhecidos em todo o mundo, principalmente em países como Estados Unidos e Grã-bretanha. Apesar da planta já ser conhecida há muito tempo, tem se tornado novidade na culinária. Saiba mais sobre o adoçante estévia.

Várias marcas de adoçantes oferecem os produtos estévia. (Foto: divulgação)

Adoçante estévia

A popularização dos adoçantes tem gerado mitos e verdades  sobre os riscos do consumo. Segundo especialistas, apesar deles serem alvos de muitos estudos, nenhum mal provocado por essa substância foi descoberto em pessoas que utilizam o produto sem exageros.

Quando consumidos em quantidades ideais, os adoçantes não prejudicam a saúde. O limite máximo de ingestão é estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e quem regula a qualidade do produto, no Brasil, é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

O adoçante estévia possui poder 300 vezes superior à sacarose. Não é calórico e é extraído da planta stevia rebaudiana, nativa da América do Sul. Essa planta contém outras propriedades que complementam o poder adoçante. Estudos apontam o poder em reduzir o crescimento de bactérias nos dentes, regulação da pressão arterial, poder diurético e regulação dos níveis de açúcar no sangue.

Existem várias marcas de estévia no mercado, cada uma com sabor diferente. Alguns produtos oferecem a substância associada a outros adoçantes, enquanto outros oferecem o extrato puro.

Os adoçantes estévia são excelentes para substituir o açúcar. (Foto: divulgação)

Benefícios do estévia

Segundo especialistas, é possível encontrar no mercado vários tipos de iogurtes, chocolates e até mesmo cervejas adoçadas com estévia. A mídia tem relacionado cada vez mais o açúcar refinado com à obesidade, que é tida como uma epidemia mundial. No Brasil, mais de 65 milhões de pessoas sofrem com sobrepeso e dez milhões são considerados obesos.

Leia Também:  Volta às aulas: atividades de educação infantil 2015

A estévia tem o poder de ajudar no controle do peso, mantendo a saúde dos dentes e auxiliando no combate ao diabetes. Esses benefícios podem ser observados em outros adoçantes como aspartame e sacarina. Porém, o estévia possui a vantagem de ser produzido por fonte natural.

O processo de extração da substância é feito deixando as folhas secas imersas na água, depois é realizada a separação e purificação dos compostos de melhor sabor adocicado, que são chamados de glicosídeos de esteviol. Esses compostos permanecem intactos durante todo o processo, tornando esse fato uma vantagem em relação aos demais adoçantes, por ser mais natural. Os extratos concentrados são cerca de 300 vezes mais doces do que o açúcar.

Os adoçantes devem ser consumidos corretamente. (Foto: divulgação)

O estévia é um adoçante pode substituir o açúcar  atualmente, devido aos seus benefícios proporcionados à saúde e por se tratar de um produto de origem natural. Entretanto, ele deve ser consumido corretamente e co moderação. O mais indicado é consultar um nutricionista para orientar sobre as quantidades ideais de consumo do estévia.

Top